• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2013.tde-30042013-102854
Documento
Autor
Nome completo
Thais Helena dos Santos Buvalovas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Machado, Maria Helena Pereira Toledo (Presidente)
Albieri, Sara
Azevedo, Francisca Lucia Nogueira de
Marson, Izabel Andrade
Pimenta, João Paulo Garrido
Título em português
Hipólito da Costa em Londres: libertadores, whiggs e radicais no discurso político do Correio Braziliense (1808-1812)
Palavras-chave em português
Constituição antiga
História da Inglaterra: séculos XVI-XIX
Imprensa
Libertadores hispano-americanos
Radicalismo em Londres
Whiggismo
Resumo em português
Hipólito José da Costa se tornou célebre como editor do Correio Braziliense, periódico que publicou durante seu exílio em Londres, de 1808 a 1822. A historiografia mais recente em língua portuguesa tem identificado Hipólito como herdeiro do reformismo ilustrado português, mas o discurso de seu jornal mostra que ele transitava em âmbito bem mais vasto. Esta tese demonstra que o Correio Braziliense estava inserido numa rede textual bastante ampla, de filiação anglo-americana e âmbito transoceânico, cujo principal centro de gravidade e articulação era a capital britânica. Os textos publicados pelo exilado luso-brasileiro entre os anos de 1808 e 1812, período ao qual está circunscrito este trabalho, permitem distinguir com clareza sua filiação a um corpo de ideias que não encontra referências no universo mental da sociedade portuguesa e cujo nexo pode ser localizado no chamado whiggismo, bem como em vertentes mais radicais do pensamento político britânico.
Título em inglês
Hipólito da Costa in London: liberators, whiggs and radicals in the political discourse of Correio Braziliense (1808-1812)
Palavras-chave em inglês
Ancient constitution
Hispanic-American liberators
History of England: XVI-XIX centuries
Press
Radicalism in London
Whiggism
Resumo em inglês
Hipólito José da Costa became renowned as editor of Correio Braziliense, a periodical which he published during his exile in London, from 1808 to 1822. The most recent historiography in Portuguese has identified Hipólito as heir to the Portuguese enlightened reformism, but his publication´s discourse shows that he was moving in much wider circles. This thesis demonstrates that Correio Braziliense was inserted in a very broad textual network, with Anglo-American affiliation and transoceanic extent, whose main center of gravity and articulation was the British capital. The texts published by the Portuguese-Brazilian exile from the years 1808 to 1812, the period which is covered by this work, allows one to clearly distinguish his affiliation with a set of ideas which has no reference to the mental world of the Portuguese society and whose nexus can be found in the so-called whiggism, as well as in more radical aspects of British political thought.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.