• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2012.tde-26022013-121856
Documento
Autor
Nome completo
Patricia Albano Maia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Dantes, Maria Amelia Mascarenhas (Presidente)
Carneiro, Henrique Soares
Ferreira, Luiz Otávio
Haddad, Thomás Augusto Santoro
Mota, Andre
Título em português
Práticas terapêuticas jesuíticas no Império colonial português: medicamentos e boticas no século XVIII
Palavras-chave em português
Botica
Império português
Jesuítas
Século XVIII
Terapeutica
Resumo em português
Neste trabalho dedicamo-nos a classificar e analisar as práticas de cura utilizadas pelos jesuítas no império português durante o século XVIII. Nosso objeto de estudo foram as receitas de medicamento aviadas nas boticas dos colégios da Companhia de Jesus, procuramos traçar as linhas teoricas da medicina que influenciaram a terapeutica jesuítica para tentar entender de que modo os inacianos inseriam-se no contexto científico-cultural da época. As receitas de medicamentos circularam tanto dentro do ambito dos colégios como fora deles. Algumas destas eram secretas e adquiriram considerável prestígio junto à população pelo pronto restabelecimento da saúde. Nossas hipóteses de pesquisa são 1) os jesuítas valeram-se de práticas terapêuticas de diversas origens, 2) a Companhia de Jesus era um instituição que conhecia e aplicava as novas concepções de medicamentos; 3) as boticas dos colegios jesuíticos produziram remédios que seguiam tanto a tradição hipocratica-galência quanto os ensinamentos da Iatroquímica e da iatromecanica; 4) as boticas jesuíticas foram responsáveis pela geração de renda para os colégios.
Título em inglês
Jesuit therapeutic practices in the Portuguese Colonial Empire: medicines and pharmacies in the XVIII century
Palavras-chave em inglês
Jesuits
Pharmacy
Portuguese empire
Therapeutic
XVIII century
Resumo em inglês
In this paper, the healing practices used by Jesuits in the Portuguese empire during the XVIII century are classified and analyzed. For the study, medical prescriptions filled at pharmacies at Society of Jesus schools were used in an attempt to delineate theoretical medical lines that influenced Jesuit therapy in order to understand how the Ignations fit into the scientific and cultural context of the time. Medical prescriptions circulated both inside and outside of the environs of the schools. Some of them were secret and gained considerable prestige among the population due to how quickly health was restored. The research hypotheses contained herein are: 1) that Jesuits used therapeutic practices of various origins; 2) the Society of Jesus was an institution that had knowledge of and used newly created medications; 3) the pharmacies in the Jesuit schools produced medications that followed the Hippocratic-Galenic tradition as well as the teachings of iatrochemistry and iatromechanics; 4) Jesuit pharmacies were responsible for generating income for the schools.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-02-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.