• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.8.2021.tde-25062021-201510
Documento
Autor
Nome completo
Felipe Colla de Amorim
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Cancelli, Elizabeth (Presidente)
Cattai, Júlio Barnez Pignata
Chaves, Wanderson da Silva
Mello, Natália Nóbrega de
Título em português
The Birth of a Discipline: o convênio Ford-Iuperj e a modernização da ciência política no Brasil (1967-1973)
Palavras-chave em português
Ciência política
Fundação Ford
Guerra Fria
História das ciências sociais
IUPERJ
Resumo em português
A partir da segunda metade dos anos sessenta, as ciências sociais brasileiras passaram por um amplo processo de modernização que conferiu, em termos acadêmicos, institucionais e temáticos, o formato ao qual estamos habituados hoje. Expoente deste percurso foi a institucionalização da ciência política como uma disciplina acadêmica autônoma no Brasil. Entre seus novos traços, estariam: a virada teórico-metodológica em direção ao objetivismo e ao cientificismo; a profissionalização do campo, com a criação de novos centros e a construção de redes intelectuais transnacionais; e a predileção por temas não só engajados com o debate público, mas que tinham o intuito de nele interferir. Um dos palcos principais desse processo de modernização foi o Iuperj (Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro), fundado em 1967 pelo jurista ex-isebiano Candido Mendes de Almeida. Com o aporte providencial de verba filantrópica da Fundação Ford, o Instituto, nas décadas seguintes, se estabeleceria como um dos principais polos da disciplina, pioneiro tanto no campo da pesquisa quanto no da formação pós-graduada. A partir de fontes arquivísticas -- entre as quais se destacam a documentação do convênio Ford-Iuperj (1967-89) e os papéis pessoais de dois de seus principais interlocutores, os cientistas sociais Samuel Huntington e Alex Inkeles --, procuraremos descrever o papel do Instituto na construção dessa nova disciplina modernizada. Quais as premissas, objetivos e escolhas institucionais e teóricas que o Iuperj arrogou para si; em quais redes intelectuais circulou; quais diálogos estabeleceu dentro e fora do Brasil; de que forma se deu a relação com a ditadura vigente no país e em meio ao contexto de Guerra Fria; e quais alternativas vislumbrou.
Título em inglês
The Birth of a Discipline: the Ford-Iuperj grant agreement and the modernization of political science in Brazil (1967-1973)
Palavras-chave em inglês
Cold War
Ford Foundation
History of social sciences
IUPERJ
Political science
Resumo em inglês
In the late 1960s, Brazilian political science underwent a process of academic modernization that transformed the discipline's theoretical assumptions, institutional arrangements, foreign dialogues, and thematic approach. The field isolated the previously dominating sociopolitical thought explanations and turned to a scientifically-guided, objective approach, with new methodological tools. With robust financial aid provided by U.S. philanthropic foundations, several newly-created research institutions and graduate programs helped accommodate young political scientists returning to Brazil after earning their PhDs abroad. This fields' new direction included a major investment in academic internationalization, which brought forth the development of a cross-national intellectual network. Thematically, these new academic trends envisioned the discipline as an applied and policy-oriented science with a say in non-academic public debate and a closer relationship to governmental issues. One of the protagonists of this modernization process was Iuperj (Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro), founded in 1967 by the legal scholar and social thinker Candido Mendes de Almeida. With the philanthropic support from the Ford Foundation, the institute would establish itself in the coming decades as a leading political science center in the country both in training and research. Drawing on primary sources -- especially the Ford-Iuperj grant agreement documentation (1967-89) and the personal papers of U.S. intellectuals Alex Inkeles and Samuel Huntington -- this research accounts for the role Iuperj played in the building of a new, modernized academic discipline in Brazil.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-06-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.