• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.8.2019.tde-20122019-171637
Documento
Autor
Nome completo
Argemiro Ribeiro de Souza Filho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Dolhnikoff, Miriam (Presidente)
Berbel, Marcia Regina
Machado, André Roberto de Arruda
Paraiso, Maria Hilda Baqueiro
Slemian, Andrea
Título em português
Confrontos políticos e redes de sociabilidade, Bahia (1821-1823)
Palavras-chave em português
Bahia
Confrontos políticos
Constitucionalismo
Independência
Redes de sociabilidade
Resumo em português
A pesquisa discute as amplas alterações políticas ocorridas na província da Bahia nos anos 1821-1823 decorrentes da crise do Antigo Regime português na América. Com base em fontes documentais e bibliográficas, procura-se reafirmar que a materialização da conjuntura crítica em território luso-americano adquiriu desdobramentos específicos em suas várias partes, cujos habitantes passaram a experimentar formas de organização e de participação condizentes com uma nova cultura política difundida no período. No caso da Bahia, as condições peculiares de organização político-econômica possibilitaram distintas percepções de encaminhamento da crise. Em função disso, diferentes alternativas foram apresentadas como expressão de projetos individuais ou coletivos em busca da realização de anseios até então contidos pelas autoridades da monarquia de Bragança. Os desafios vivenciados na província durante a Guerra de Independência (1822-1823) não somente serviram como aprendizado político para os habitantes, como também propiciou que alguns deles se tornassem lideranças importantes na construção do Estado imperial. Dessa maneira, o estudo propõe investigar os variados caminhos percorridos por uma parte da classe dominante oriunda da província baiana na montagem de um arranjo institucional com o poder central sediado na corte, assegurado por meio da manutenção de uma estrutura econômica escravista e excludente como fundamento da nação brasileira em formação.
Título em inglês
Political clashes and sociability networks, Bahia (1821-1823)
Palavras-chave em inglês
Bahia
Constitutionalism
Independence
Networks of sociability
Political clashes
Resumo em inglês
This research discusses the broad political changes that occurred in the province of Bahia in the years 1821-1823 as a consequence of the crisis of the Old Portuguese Regime in America. Based on documentary and bibliographical sources, it seeks to reaffirm that the materialization of a critical political context in the Portuguese-American territory resulted in specific developments in its various parts where inhabitants began to experience forms of organization and participation consistent with a new political culture widespread in the period. In the case of Bahia, the unique conditions of political-economic organization enabled the development of different perceptions on how to deal with the crisis. As a result, different alternatives were presented as expressions of individual and group projects towards the achievement of expectations so far restrained by the authorities of the monarchy of Braganza. The challenges experienced in the province during the War of Independence (1822-1823) not only served as political learning for the inhabitants, but also allowed some of them to become important leaders in the construction of the Imperial state. Thus, this study proposes the investigation of the numerous paths taken by a segment of the ruling class from the province of Bahia in setting up an institutional organization with central power headquartered at the imperial court. The survival of this organization was ensured by maintaining an economic structure of slavery and exclusion as the basis for the Brazilian nation in formation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.