• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.8.2020.tde-13042021-193600
Documento
Autor
Nome completo
Joana Salem Vasconcelos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Grespan, Jorge Luis da Silva (Presidente)
Secco, Lincoln Ferreira
Tinsman, Heidi Elizabeth
Vallejos, Rolando Eugenio Alvarez
Título em português
"O lápis é mais pesado que a enxada": reforma agrária no Chile e pedagogias camponesas para transformação econômica (1955-1973)
Palavras-chave em português
Chile
Paulo Freire
Pedagogia Camponesa
Reforma Agrária
Unidade Popular
Resumo em português
Esta tese investiga a história da reforma agrária no Chile a partir de um olhar dialético entre economia e cultura, sugerindo que as hierarquias de acesso à terra eram também hierarquias epistemológicas. No Chile de 1955, somente 7% dos proprietários controlavam 78% da superfície agrícola, enquanto o analfabetismo rural alcançava 60% da população adulta. Argumento que a concentração da terra e a exclusão educacional eram parte da mesma estrutura de dominação e acumulação capitalista dependente. A necessidade de transformação dessa estrutura ativou diversas iniciativas de educação camponesa que visavam formar novos sujeitos para nova agricultura. Entre 1955 e 1973, três projetos urbanos para transformação agrária entraram em confronto e disputaram hegemonia rural: a modernização tecnocrática; a reforma agrária estrutural democrata-cristã; e a revolução agrária da via chilena ao socialismo. As diferentes pedagogias camponesas para transformação econômica buscavam formar subjetividades produtivas (economias morais) apropriadas a distintos regimes de propriedade e trabalho. Tais pedagogias foram interpeladas por lutas, agências e experiências heterogêneas de um campesinato cada vez mais organizado. A presença de Paulo Freire no Chile (1964-1968) e sua influência nos organismos da reforma agrária é um componente-chave desta narrativa. Sustento que a reforma agrária iniciada em 1967 pelo governo da Democracia Cristã e acelerada pela Unidade Popular alterou estruturas agrárias e culturais em diferentes temporalidades, desestabilizando hierarquias sociais da terra e do conhecimento. Cada capítulo da tese possui um corpus documental próprio, com objetivo de narrar estratégias pedagógicas específicas para transformação agrária. A tese se baseia em fontes primárias de sete arquivos em três países (Chile, EUA, Brasil), entre os quais estão materiais didáticos, relatórios de educadores rurais, relatórios de pesquisadores para Fundação Ford e Rockefeller, documentos do Instituto de Educação Rural, do INDAP, da CORA, do FEES, do ICIRA, programas de cursos camponeses, transcrições de círculos de cultura com vozes camponesas, imagens utilizadas nas pedagogias freirianas, diversos veículos de imprensa, sessões parlamentares, atas de reuniões de organismos do agro, discursos presidenciais, documentos partidários, fotografias e mais de quarenta entrevistas de história oral.
Título em inglês
"The pencil is heavier than the hoe": agrarian reform in Chile and peasant pedagogies for economic transformation (1955-1973)
Palavras-chave em inglês
Agrarian Reform
Chile
Paulo Freire
Peasantry pedagogy
Popular Unity
Resumo em inglês
This PhD dissertation investigates the history of agrarian reform in Chile from a dialectical perspective between economics and culture, suggesting that the hierarchies of access to land were also epistemological hierarchies. In Chile of 1955, only 7% of landowners controlled 78% of the agricultural land, while rural illiteracy reached 60% of the adult population. I argue that land concentration and educational exclusion were part of the same structure of domination and dependent capitalist accumulation. The need to transform this structure triggered several peasant education initiatives that aimed to train new subjects for the new agriculture. Between 1955 and 1973, three urban projects for agrarian transformation clashed and disputed rural hegemony: technocratic modernization; Christian-Democratic structural agrarian reform; and the agrarian revolution from the Chilean road to socialism. The different peasant pedagogies for economic transformation sought to form productive subjectivities (moral economies) appropriate to distinct regimes of property and labor. Such pedagogies were challenged by struggles, agencies, and heterogeneous experiences of an increasingly organized peasantry. Paulo Freire's presence in Chile (1964-1968) and his influence on agrarian reform institutions is a key component of this narrative. I maintain that the agrarian reform initiated in 1967 by the government of Christian Democracy and accelerated by Popular Unity changed agrarian and cultural structures at different temporalities, destabilizing social hierarchies of land and knowledge. Each chapter of the thesis has its own documentary corpus, to narrate specific pedagogical strategies for agrarian transformation. The research is based on primary sources from seven archives in three countries (Chile, USA, Brazil), including teaching materials, reports from rural educators, reports from researchers to the Ford and Rockefeller Foundations, documents from the Institute of Rural Education, INDAP, CORA, FEES, ICIRA, peasant course programs, transcriptions of culture circles with peasant voices, images used in Freirean pedagogies, various press vehicles, parliamentary sessions, minutes of meetings of agricultural institutions, presidential speeches, party documents, photos and more than forty oral history interviews.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-04-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.