• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.8.2019.tde-12122019-170245
Documento
Autor
Nome completo
Thaís Zapala Stegle
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Coggiola, Osvaldo Luis Angel (Presidente)
Marcelino, Paula Regina Pereira
Purdy, Robert Sean
Zagni, Rodrigo Medina
Título em português
Operários em tempos de hiperinflação: vida, trabalho e resistência em Fortaleza - CE (1985-1989)
Palavras-chave em português
Greves gerais
Inflação
Mulheres
Sindicatos
Resumo em português
O quinquênio iniciado em 1985 ficou marcado, na história econômica do Brasil, pelo desenvolvimento de uma das maiores crises hiperinflacionárias da história do país, atingindo, em 1989, o índice de 1417% de aumento no nível dos preços. Ao mesmo tempo, o país passava por uma forte pressão política pela redemocratização e assistia voltarem à cena os movimentos sociais e sindicatos, atores até então reprimidos pelo regime político anterior. Em Fortaleza Ceará, a expansão industrial, promovida pelas políticas de incentivos fiscais da SUDENE, nas duas década anteriores (1960 e 1970), empregou a mão-de-obra daqueles que migravam do sertão fugindo da concentração fundiária e da seca. Parte expressiva desse contingente era de mulheres e foi alocada nos principais setores industriais do Estado, têxteis, confecção de roupas, beneficiamento de castanhas e alimentos. Neste estudo, busco compreender como as características da industrialização promovida na capital e as condições de vida e de trabalho dos operários e operárias atuaram na retomada de sua atuação política-sindical entre os anos 1985-1989, analisando a formação das oposições sindicais, a participação operária nas greves gerais contra os pacotes econômicos governamentais de combate à inflação e a atuação na eleição da primeira mulher prefeita de uma capital brasileira, Maria Luiza Fontenele.
Título em inglês
Laborers in times of hyperinflation: life, work and resistance In Fortaleza (1985-1989)
Palavras-chave em inglês
General strike
Inflation
Trade unions
Women
Resumo em inglês
In Brazils economic history, the five years between 1985 and 1989 were characterised as the unfolding of a great hyperinflation crises, to the point that, by the end of the period, prices were registering a 1.417% mark-up. At the same time, Brazil was going through a strong political campaign for democracy and witnessed the comeback of social movements and trade unions, so far under repression by the military dictatorship. In Fortaleza Ceará, the industrialization program, as developed by SUDENEs fiscal endorsement program during the previous two decades, employed migrants from the hinterland deserts, who were fleeing drought and land concentration. A significant amount of this migration was undertaken by women, who then found jobs in the main industrial sectors of the state: textiles, garments, nut and food processing. This study focus the characteristics of this industrialization and the living and working conditions of the male and female workers in Fortaleza as they re-started unionism between 1985 and 1989, altogether analising the creation of opposing platforms in the trade unions, participation in general strikes against governmental austerity programs against 5 inflation, and the mobilised workers contribution to the election of the first female mayor of a major capital city in Brazil, Maria Luiza Fontenele.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.