• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.8.1998.tde-09092022-103020
Documento
Autor
Nome completo
Maria do Amparo Albuquerque Aguiar
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1998
Orientador
Banca examinadora
Ferlini, Vera Lucia Amaral (Presidente)
Amado, Janaina Passos
Doles, Dalisia Elizabeth Martins
Glezer, Raquel
Marangoni, Ana Maria Marques Camargo
Título em português
Terras de Goiás: estrutura fundiária - 1850/1920
Palavras-chave em português
História do Brasil
Uso da terra
Resumo em português
A ocupação de terras em Goiás, notadamente no século XIX, esteve ligada, basicamente, ao surto expansionista da economia brasileira, a partir de seu engajamento no mercado internacional, através do café. A escassez relativa de terras no Sudeste brasileiro, onde a população trabalhadora estava fundamentalmente voltada para o produto nobre de exportação, estimulou a demanda por terras, no interior, para a produção para o abastecimento da população envolvida com a cafeicultura. Esse contingente populacional instalou-se, preferencialmente, ao sul-sudoeste de Goiás, regiões até então com fraca ocupação, encontrando, portanto, grandes extensões de terras disponíveis. Essa nova ocupação veio juntar-se aos núcleos de população já consolidados desde a mineração (século XVIII), também largamente afetados pelo processo de interiorização. A Lei de Terras de 1850 revelou a existência da grande propriedade disseminada por todo o território goiano, embora mais concentrada no sul-sudoeste. A situação perdurou por toda a segunda metade do século XIX e apesar das medidas governamentais tomadas para coibir os grandes apossamentos, os mesmos persistiram durante aquele século, num contexto de disputas de forças locais com diferentes posturas em relação ao poder. O empenho pela integração permeou o governo de Goiás durante todo o século, com gradações diversas e projetos ambiciosos que visavam, acima de tudo, a ocupar a grande quantidade de terra existente, sendo escassos os recursos, capital e trabalho. E essa foi uma das grandes dificuldades, cuja superação escapava completamente às possibilidades locais
Título em inglês
Not available
Palavras-chave em inglês
Not available
Resumo em inglês
The land occupation in Goiás, especialy in the XIX centuiy, was basically relatedto to the expansionist boom of the Brazilian economy, after its engagement in the intemational market, through the coffee trade. The relative land scarcity in the Brazilian south-east, where the working population was mainly devoted to the major export product, stimulated the demand for land, in the interior, in order to supply the needs of the population involved in coffee production. That settlers, established preferably, to the south/south-west, regions wich were poorly occupied up to that time, finding large extensions of land available. This new wave of occupation added up to the existing nuclei of population involved in mining (XVIII century), who were also largely affected by the movement toward the interior. The Lei de Terras (Land Statute) of 1850 revealed the existence of the large properties in all territory of Goiás though more concentrated on the south/South-west. This situation lasted long for the whole second half of the XIX century and dispite the govemmental measures adoptedt to prevent great settlements they persisted the whole century, in a context of disputes of local forces, having different stances in relation to the established power. The commitment to the process of integration permeated the govemment of Goiás during the whole century, in the different gradations and with ambitious projects wich aimed, above all, to occup the large areas of land with scarce resources, capital and working force. And this was one of the greatest difficulties, which was hardly overcome by the local possibilities.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-09-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.