• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.8.2019.tde-03032020-164420
Documento
Autor
Nome completo
Pedro Ramos de Toledo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Pericás, Luiz Bernardo Murtinho (Presidente)
Musse, Ricardo
Roio, Marcos Tadeu Del
Vasconcelos, Jose Antonio
Título em português
'Krasnaya Zvezda': uma leitura político-econômica da primeira utopia literária soviética
Palavras-chave em português
Bolchevismo
Marxismo
Revolução russa
Utopia
Resumo em português
Dentre os diversos pensadores russos que compunham a velha guarda bolchevique na decada de 1900, Aleksandr Aleksandrovich Malinovskii (Bogdánov) é talvez a personagem menos estudada pela historiograa do período pré-revolucionário russo, embora tenha desempenhado um papel crucial nos primeiros anos de formaçãoo do Partido Opeário Social Democrata Russo (POSDR) e sua obra tenha tido grande importância no campo da cultura nas primeiras décadas do século XX. Apenas recentemente é que a obra de Bogdánov passou a receber atenção de estudiosos no Ocidente. Dentre seus trabalhos publicados até o final dos anos 1920, posteriormente censurados sob o regime estalinista, destaca-se "Krasnaya Zvezda" (Estrela Vermelha), publicada em 1908 em meio a um importante debate tático e filosófico com Lenin. Nessa obra de ficção científica, Bogdánov, através dos olhos de um jovem bolchevique, apresenta a seus leitores uma utopia comunista em Marte, resultante de uma revolução levada a cabo trezentos anos antes dos eventos de 1905. Esta pesquisa analisa a obra "Estrela Vermelha" de Aleksandr Bogdanov, tendo como pano de fundo os diversos debates formativos da Intelligentsia social-democrata russa e, de forma mais específica, a controvérsia estabelecida entre Lenin e Bogdánov sobre os caminhos políticos e econômicos a serem trilhados para a construção do socialismo. Assim, este trabalho contribui para mais bem compreendermos as imbricações entre os debates existentes no seio da "Intelligentsia" revolucionária e sua práxis delimitada pelas especificidades do cenário histórico russo a partir das ideias políticas e econômicas de Bogdánov, expressas como exercício imagético em sua utopia literária.
Título em inglês
Krasnaya Zvezda: A political-economic study of the first Soviet literary utopia
Palavras-chave em inglês
Bolshevism
Marxism
Russian revolution
Utopia
Resumo em inglês
Among the many Russian thinkers that were part of the rst generation of Bolsheviks in the 1910s, Aleksandr Aleksandrovish Malinovskii (Bogdanov) is perhaps the least studied by the historiography of the Russian pre-revolutionary period, in spite of his crucial role in the formative years of the Russian Social Democratic Labour Party (RSDLP) and the importance of his works in the field of culture in the first decades of the 20th century. Only recently has Bogdanov's work been studied by Western scholars. Among his works published before the late 1920s, later censored by the Stalinist regime, is Krasnaya Zvezda ("Red Star"), published in 1908 in the midst of an important tactical and philosophical debate with Lenin. In this science fiction novel, Bogdanov, through the eyes of a young Bolshevik, presents his readers a communist utopia in Mars, that took place 300 years before the events of 1905. This research analyzes the work "Red Star" by Aleksander Bogdanov, having as its background the many formative debates among the Russian social democratic Intelligentsia and, more especically, the controversy between Lenin and Bogdanov on the sociopolitical paths towards socialism. Thus this research contributes to better understanding the debates among the revolutionary Intelligentsia and its praxis, delimited by specicities of the Russian historical scenario, on the basis of Bogdanov's political and economical ideias put forth as an imagetic exercise in his literary utopia.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-06-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.