• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.8.2020.tde-02032021-132207
Documento
Autor
Nome completo
Juliana da Silva Henrique
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Albieri, Sara (Presidente)
Guimarãis, Marcos Toyansk Silva
Pitta, Fábio Teixeira
Tacconi, Ana Paula Tavares Magalhães
Título em português
O fundamento anticigano: contribuições para uma crítica à constituição lógico-histórica do mundo moderno
Palavras-chave em português
Ciganos
Forma social
Pensamento moderno
Racismo
Resumo em português
O anticiganismo é uma forma peculiar de racismo direcionado contra todos aqueles genericamente identificados como ciganos. A partir da análise crítica de obras e documentos produzidos no mundo moderno europeu, pretende-se pensar os fundamentos anticiganos em sua íntima relação com uma determinada forma social fetichista. Trata-se de entender a constituição de um modo específico de racionalidade pautada na lógica identitária (substancialmente redutora do mundo sensível) e a sua contraditória efetivação por meio de um laço social substancialmente violento. Mas, se em um primeiro momento, esta violência aparece endereçada excepcionalmente àqueles que personificam o avesso do sujeito desejado pelo poder soberano, ela acaba por retornar, na forma de uma fantasmagoria, como quem enuncia a regra que incide, inclusive, sobre o próprio "sujeito do valor".
Título em inglês
The antigypsy fundament: contributions to a critique of the logical-historical constitution of the modern world
Palavras-chave em inglês
Gypsies
Modern thinking
Racism
Social form
Resumo em inglês
Antigypsyism is a peculiar form of racism directed against all those generically identified as gypsies. Based on the critical analysis of works and documents produced in the modern European world, it is intended to think the antigypsy foundations in their intimate relationship with a particular fetishist social form. It is about understanding the constitution of a specific mode of rationality based on the identity logic (substantially reducing the sensitive world) and its contradictory efectiveness through a substantially violent social bond. And if, at first, this violence appears exceptionally addressed to those who personify the reverse of the subjecti desired by sovereign power, it ends up returning, in the form of a phantasmagoria, as one who enunciates the rule taht effects the "suject of value" itself.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-03-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.