• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2011.tde-24102011-083945
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Alberto Rizzi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Scarlato, Francisco Capuano (Presidente)
Lemos, Amalia Ines Geraiges de
Oliveira, Bernadete Aparecida Caprioglio de Castro
Título em português
O uso dos fundos de consumo: dinâmica da expansão metropolitana da cidade de São Paulo
Palavras-chave em português
Expansão urbana
Fuga do urbano
Fundos de consumo
Produção do espaço
Wilderness
Resumo em português
Com a iminência da construção de mais um trecho do Rodoanel Mário Covas, seu Trecho Norte, tem fechamento um ciclo longo de acumulação de capital na metrópole paulista, de mais de 150 anos, caracterizado pela expansão metropolitana (desigual e combinada) impulsionada pela especulação imobiliária baseada na verticalização do centro expandido e na horizontalização da cidade via loteamentos periféricos. Nesse um século e meio, seu motor foi à crescente financeirização do espaço urbano, tendo como principal conseqüência terrível, a produção de um ambiente construído agressor para sua própria população metropolitana. Como num roteiro de Tarantino, esse presente denota uma sarcástica imagem: hoje, as deseconomias metropolitanas, como as enchentes, o congestionamento e a poluição, tomam o lugar que um dia foi da garoa, de Adoniran Barbosa e dos bairros tradicionais de imigrantes, na produção da identidade paulistana. O novo ciclo de acumulação de capital em gestação não tem como objetivo resgatar essas memórias paulistanas. Ironicamente, esse novo modelo, baseado na suburbanização de alto padrão e no congelamento/urbanização das áreas de loteamento periférico precário e irregular, tem como objetivo construir uma plataforma logística metropolitana apropriada para o que Karl Manheim e tantos outros chamam de fuga do urbano. Pois, o que está em questão é a clara mudança de um padrão de urbanização brasileira (subdesenvolvimento de tipo cepalino) para o do tipo estadunidense, caracterizado por highways que ligam os luxuosos subúrbios ajardinados e as grandes aglomerações médias e populares aos centros degradados das cidades. O presente estudo tem por objetivo, apresentar três dinâmicas espaciais urbanas provisórias dessa fuga do urbano, vetorizadas por três grupos de capital urbano (proprietários da terra/intermediadores financeiros; empresas de construção/incorporação; grupos sociais em geral). A exposição da investigação parte do método dialético e da idéia de espaço geográfico composto por forma, função, estrutura e processo.
Título em inglês
The use of funds for consumption the dynamic of the expansion of the metropolitan city of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Funds consumption
Production area
Urban trail
Wilderness
Resumo em inglês
With the imminent construction of a Rodoanel Mario Covas, its your Trecho Norte thern section, is closing a long cycle of capital accumulation of more than 150 years, characterized by metropolitan expansion (uneven and combined) driven by speculation based on the vertical expanded center and flattening the town allotments via peripherals. In a century and a half, its engine was the growing financial character of urban space, with the primary tremendous consequence, the production of a built environment aggressor for its own metropolitan population. Like a Tarantino script, the most appropriate image is less promising and more disgustingly sarcastic: today, diseconomies metropolitan areas, such as flooding, congestion and pollution, take the place that was once the garoa of Adoniran Barbosa and the traditional neighborhoods of immigrants in the production of identity in São Paulo. The new cycle of capital accumulation in pregnancy is not meant to recover these memories from São Paulo. Ironically, this new model, based on the suburbanization of high standard and the freeze / urbanizing areas of poor and irregular peripheral housing estate, is to build a logistics hub for the metropolitan appropriate that Karl Manheim and many others call urban trail. For what is at issue is the clear shift from a pattern of urbanization in Brazil (underdevelopment CEPAL type) for the U.S. type, characterized by highways that link the luxurious surroundings and landscaped large clumps and popular medium degraded the centers of cities. This study aims to submit three spatial dynamics of urban temporary escape from the urban, vectorized by three groups of urban capital (owners of the land / financial intermediaries, companies of construction / incorporation; social groups in general). Exposure of the research part of the dialectical method and the idea of geographic space composed of form, function, structure and process.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-10-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.