• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.8.2018.tde-23102018-144354
Documento
Autor
Nombre completo
Léia Chrif de Almeida
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2018
Director
Tribunal
Alves, Gloria da Anunciação (Presidente)
Ribeiro, Fabiana Valdoski
Santana, Paola Verri de
Santos, César Ricardo Simoni
Título en portugués
A produção da natureza na reprodução da metrópole: o caso de Parelheiros e Marsilac, extremo da zona sul da cidade de São Paulo
Palabras clave en portugués
Área de preservação ambiental
Ecoturismo
Marsilac
Parelheiros
Planejamento estratégico
Produção do espaço
Urbanização
Resumen en portugués
A pesquisa tem por objetivo analisar os conteúdos das políticas ambientais na periferia do extremo da zona sul de São Paulo, nos Distritos de Parelheiros e Marsilac. Os dois Distritos fazem parte dos Mananciais da região metropolitana de São Paulo, e estão submetidos às leis de proteção ambiental, e, portanto, teoricamente, desde 1975, são orientados a seguirem as restrições normativas para os usos e ocupação do solo concernentes à essa legislação. No entanto, no mesmo contexto em que foram promulgadas as normas urbanas que visavam estruturar e ordenar o espaço urbano da, hoje, região metropolitana, tivemos também neste período grandes deslocamentos populacionais para os Mananciais, seja da população vinda de outros estados, ou de deslocamentos intraurbanos. Sendo assim, os maiores contingentes populacionais rumo aos mananciais se deram após a implementação das legislações ambientais de 1975, revelando o contexto de reestruturação e mudanças a nível global, que se expressará no e por meio do espaço urbano. Tal situação se torna bastante evidente nos anos seguintes, devido aos rearranjos espaciais que configuraram esse novo momento da metrópole paulistana. De tal modo, consideraremos o espaço, bem como os espaços que possuem certa concentração de vegetação, como uma nova raridade e, quanto mais amplo o processo de reprodução do capital, mais rarefeito esses espaços se tornarão. Nesse mote, as periferias se reconfiguram e se complexificam. Seguindo essa perspectiva, compreenderemos os novos projetos no extremo da zona sul de São Paulo levados a cabo pelas políticas ambientais, principalmente com a implantação das Áreas de Preservação Ambiental. A pesquisa buscou demonstrar como este espaço periférico, tutelado pelas legislações ambientais, está sendo incorporados no processo de reprodução do espaço urbano de São Paulo por meio do empreendedorismo urbano ou das especificidades da localização, e, principalmente, pela possibilidade de "liquidez" que cada "potencialidade" do lugar tende a oferecer ao mercado. Assim, foi criado em 2014 o Polo de Ecoturismo de São Paulo, que engloba Parelheiros, Marsilac e na Ilha do Bororé, com a proposta de articular as potencialidades das áreas de Proteção Ambiental podem proporcionar. Em suma, buscamos compreender as finalidades e os conteúdos da proteção da natureza no atual momento da urbanização contemporânea.
Título en inglés
The production of nature in the reproduction of the metropolis: the case of Parelheiros and Marsilac
Palabras clave en inglés
Ecotourism
Environmental protection area
Marsilac
Parelheiros
Production of space
Strategic planning
Urbanization
Resumen en inglés
The purpose of the research is to analyze the content of environmental policies in the outskirts of geographical south end of São Paulo: Parelheiros and Marsilac districts. The two districts are part of the watersheds of metropolitan area of São Paulo, and are subject to environmental protection laws; therefore, theoretically, since 1975, they are oriented to follow the normative restrictions for land uses and occupation of those relating areas and their constraints laws. However, in the same context of the enactment of urban norms aimed at structuring and ordain the urban space of nowadays metropolitan region, we also had, during this period, a large migration of the population to these watersheds area, coming from other states, or from intra-urban displacements. Thus, the largest population contingents towards to those water sources occurred after the implementation of the environmental laws of 1975, revealing the context of restructuring and changes to global level, which will be expressed in and through urban space configuration. This situation becomes evident in the following years, due to the spatial rearrangements that configured this new moment of the metropolis of São Paulo. In this way, we will consider space, as well as spaces that have a certain concentration of vegetation, as new rarity and the broader the process of reproduction of capital, more rarefied these spaces will become. In this motto, the city outskirts are reconfigured and in this perspective, we will understand the south end zone of São Paulo undertaken by the environmental policies, especially with the implementation of the Environmental Preservation Areas. The search sought to demonstrate how this peripheral space, protected by environmental legislation are being incorporated into the process of reproduction of the urban space of São Paulo by urban entrepreneurship, or of the specificities, of the location, and mainly due to the possibility of "liquidity" that each "potentiality" of the place tends to offer to the market itself. Thus, the Ecotourism Pole of São Paulo was created in 2014, located at Parelheiros, Marsilac and Bororé Island, to articulate the potentialities that the Environmental Protection areas can provide. In summary, we seek to understand the purposes and contents of the protection of nature in the current moment of urbanization.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2018-10-23
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.