• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.8.2021.tde-18062021-182020
Documento
Autor
Nome completo
Evandro Andaku
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Alves, Gloria da Anunciação (Presidente)
Castillo, Ricardo Abid
Jabbour, Elias Marco Khalil
Martin, Andre Roberto
Título em português
As marcas e patentes na reprodução do espaço desigual: Estados Unidos e China
Palavras-chave em português
China
Desenvolvimento desigual
Estados Unidos
Marcas
Patentes de invenções
Resumo em português
Nesta tese temos como objetivo inicial demonstrar que os direitos de propriedade intelectual, e mais acentuadamente as marcas e as patentes, se constituem em mecanismos de desenvolvimento desigual que se refletem espacialmente, na medida em que ajudam a criar monopólios de tecnologia e conhecimentos científicos em favor de atores hegemônicos da economia mundial. Trata-se de instrumento de manutenção e aprofundamento da divisão internacional do trabalho. Como segundo objetivo, sustentamos que os Estados Unidos, que tomou a frente da economia mundial a partir do último quarto do Século XIX, seguido posteriormente por Japão e países da Europa Ocidental, com suas empresas, divide hoje a hegemonia econômica e tecnológica com a China, que iniciou seu processo de ascensão 100 anos depois, no último quarto do século XX. Em um contexto de transição, fazemos breve incursão para afirmar que a ascensão e eventual hegemonia chinesa, embora com outra face cultural, apresentará uma geopolítica e uma geoeconomia levemente diferente, uma vez que a China segue o jogo de poder dentro de um mesmo sistema global de unicidade técnica. Utilizamos como método de trabalho a pesquisa analítica dos registros de marcas e patentes junto aos órgãos internacionais, as transações e litígios envolvendo as patentes e as marcas e ainda a ampla leitura de documentos que cuidam dessa ascensão chinesa, mas mais acentuadamente da literatura das últimas décadas, período em que esta ascensão se fez mais visível, sem descartar os clássicos da Geografia e da Economia. Os resultados apresentados confirmam os pressupostos iniciais da pesquisa, com uma conclusão de que a China já exerce um poder significativo a ponto de dizer que já compartilha, no mínimo, da hegemonia americana.
Título em inglês
Trademarks and patents on reproduction of uneven space: the United States and China
Palavras-chave em inglês
China
Patents
Trademarks
Uneven Development
United States
Resumo em inglês
On this thesis we have the initial aim to demonstrate that intellectual property rights, and more markedly the trademarks and patents constitute mechanisms of uneven development that is reflected spatially, insofar as they create monopolies of technology and scientific knowledge in favor of hegemonic actors of the world economy. Trademarks and Patents are instruments for the maintenance and deepening of the international division of labour. The second objective, we maintain that the main hegemonic actor, that is the United States, that started its economic power in the last quarter of XIX Century, later followed by Japan and Western Europe Countries with its companies, is being surpassed by China, which started its economic ascension 100 years later. In a transition context, we make a brief incursion to argue that the rise and eventual Chinese hegemony, albeit with another cultural face, will present slightly different geopolitics and geoeconomics, since China plays the same power game within the same global system of technical unity. We use as a method of work the analytical research of trademarks and patents with the international agencies, transactions and litigations involving patents and trademarks and also the ample reading of documents that deal with this Chinese ascent, but more sharply of the literature of the last decades, when this rise becomes more visible, and also classics of Geography and Economy. The presented results confirm the initial assumptions of the research, with a conclusion that China already exerts significant power to the point of saying that it already shares American hegemony.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-06-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.