• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2016.tde-12042016-135240
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda Pinheiro da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Alvarez, Isabel Aparecida Pinto (Presidente)
Damiani, Amelia Luisa
Rizek, Cibele Saliba
Título em português
A urbanização e o movimento de regulação do urbano: uma análise crítica das transformações da várzea do rio Tietê
Palavras-chave em português
Arco Tietê
Planejamento
Produção do espaço urbano
Reprodução crítica do capital
Resumo em português
Esta pesquisa tem dois principais objetivos: compreender as recentes transformações da várzea expandida do rio Tietê, na metrópole de São Paulo, especialmente a partir do lançamento do território estratégico Arco Tietê; e situar esse debate no âmbito de uma crítica da economia política, nos termos de Karl Marx, a fim de contribuir com um movimento do pensamento acerca da produção do espaço urbano. Para isso, iniciamos a reflexão com apontamentos sobre os conceitos que fundamentam esse caminho. Em seguida, com base na apreciação de aspectos atuais da morfologia urbana da porção da cidade encerrada pelo Arco, problematizamos diferentes momentos de integração desse recorte ao longo do processo de urbanização de São Paulo. No momento seguinte, examinamos três projeções urbanísticas (entre elas o Arco Tietê) produzidas por uma política de espaço que surge como resposta à reestruturação produtiva do capital. Por fim, identificamos no desenvolvimento do Arco Tietê um aprofundamento das parcerias público-privadas na política urbana, e destacamos as normativas que visam à concessão de uma prerrogativa estatal, a produção de representações de espaços. Esse percurso reflexivo foi construído a partir de levantamento e leitura da bibliografia sobre o tema, além da análise de leis e documentos históricos; também foram realizadas incursões a campo, e entrevistas tanto com moradores quanto com autoridades dedicadas à gestão urbana. Considera-se que a análise do espaço concebido como política de Estado pode desvelar tendências importantes do processo de urbanização, e por isso encontramos em uma projeção urbanística específica uma maneira de compreender como e por que determinados fragmentos do urbano tornam-se alvos estratégicos da política do espaço. Além disso, a perspectiva é situar o Arco Tietê, bem como as inovações que ele promove nas normativas que regulam a urbanização, no momento atual da reprodução crítica do capital, buscando suas relações com os desdobramentos da urbanização crítica da cidade de São Paulo.
Título em inglês
Urbanization and the process of urban regulation: a critical analysis of the changes in São Paulos Tietê valley
Palavras-chave em inglês
Arco Tietê
Critical reproduction of capital
Planning
Production of urban space
Resumo em inglês
This research has two main objectives: to understand the recent changes in the valley of São Paulos Tietê river, chiefly in the wake of the creation of the Arco Tietê strategic territory, an urban project; and to frame this discussion in Marxs terms of a critique of political economy, so as to contribute to a reflection on the production of urban space. To do so, we begin by discussing the concepts that provide the foundations for this research, as well as by explaining the reasons why we see our analysis as a critical representation of space. In the second section, based on an analysis of the urban morphology within the projects confines, the different phases of the areas integration into São Paulos urbanization process are problematized. In the third section, we examine three urban projects (the Arco Tietê being one of them) which are the result of a political economy of space that emerges as a response to capitals economic restructuring. Finally, the Arco Tietê is interpreted as a development of public-private partnerships, and the laws that give the state prerogative over the representations of space are highlighted. The research was based on a review of the body of scholarly work concerned with this topic; on an analysis of laws and historical records; and on fieldwork, with interviews conducted both with residents and with urban policymakers. It is noted that the analysis of space as an object of state policy can reveal important trends in urbanization. This is why a single urban project can open up the pathway for understanding how and why certain urban fragments become strategic targets of a politics of space. In addition, the aim of this thesis is to place Arco Tietê, as well as the regulatory changes it promotes in urban policy, into the context of the critical reproduction of capital, elucidating the projects relations with the changes in São Paulos critical urbanization.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-04-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.