• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.8.2019.tde-10092020-215154
Documento
Autor
Nombre completo
Alexandre de Carvalho Tinoco
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2019
Director
Tribunal
Lencioni, Sandra (Presidente)
Rufino, Maria Beatriz Cruz
Souza, Eudes André Leopoldo de
Trindade Junior, Saint-Clair Cordeiro da
Título en portugués
Metropolização do espaço: o exemplo de Itaituba no Baixo Tapajós - PA
Palabras clave en portugués
Centralidade
Financeirização
Metropolização do espaço
Neoliberalismo
Renda da terra
Resumen en portugués
A produção do espaço na sociedade contemporânea resulta da interação entre diversas condicionantes históricas e novos processos que operam uma ruptura entre o que podemos chamar de sociedade moderna e sociedade contemporânea. A resultante dessa interação, longe de ser um padrão homogêneo, é diversa e desigual. No entanto, essa desigualdade não impede que identifiquemos no processo de cisão da centralidade contemporânea, entendida como a não obrigatoriedade de coincidência espacial entre processos de concentração e centralização de capital, o mecanismo base que opera a metropolização do espaço, compreendido aqui como processo de formação das chamadas Megarregiões, a partir de onde se organiza a rede mundial de cidades, concomitantemente ao espraiamento, desigual, do padrão metropolitano para as cidades que são conectadas a essa rede. Identificamos no que chamamos de período metropolitano-neoliberal, como especificidade histórica capitalista da contemporaneidade, o momento em que essa cisão da centralidade se opera de forma hegemônica, por ser grandemente interligada à globalização, à financeirização e à hegemonia da racionalidade neoliberal em todas as esferas da vida pública e privada. Nesta tese percorremos elementos históricos, teóricos e empíricos que visam argumentar que o processo contemporâneo de produção do espaço está marcado pela metropolização-neoliberal, em contraste com os processos de urbanização-fordista que marcaram a segunda metade do século XX e consolidaram as metrópoles como forma urbana típica desse período. A análise empírica se baseia na avaliação da contribuição que os investimentos em logística de escoamento da produção de grãos da agropecuária brasileira, via consolidação do chamado Corredor Logístico do Tapajós, em Itaituba-PA, tem para a consolidação de uma cadeia de produção de valor globalizada e financeirizada. A partir da importância que fundos de investimentos têm na alocação de capital fixo nessa região, seja diretamente via participação acionária, ou mediados pelas sedes das empresas de tradings, pudemos identificar a rede de cidades mundiais que estruturam essa cadeia produtiva e esses investimentos no baixo Tapajós. Desta identificação, a megarregião de São Paulo se sobressai comandando o processo de metropolização do espaço do baixo Tapajós, uma vez que mais de 40% desses investimentos se originam ou passam por ela.
Título en inglés
Metropolization of space: the example of Itaituba in the lower Tapajós PA
Palabras clave en inglés
Centrality
Financialization
Land Rent
Metropolization of Space
Neoliberalism
Resumen en inglés
The production of space in contemporary society results from the interaction of several historical constraints and new processes that operate a rupture between what we can call modern society and contemporary society. The result of this interaction, far from being a homogeneous pattern, is diverse and unequal. However, this inequality does not prevent us from identifying in the process of Division of contemporary centrality, understood as the non-mandatory spatial coincidence of processes of concentration and Centralization of capital, the basic mechanism that operates the metropolization of space, understood here as a process of formation of the so called megarregions, from where the world network of cities is organized, concomitant to the unequal metropolitan pattern of the cities that are connected to this network. We identify in what we call the Metropolitan-neoliberal period, as a historical capitalist specificity of contemporaneity, the moment when this division of centrality operates in a hegemonic way, because it is largely interconnected with globalization, financialization and the hegemony of neoliberal rationality in all spheres of public and private life. In this thesis we have covered historical, theoretical and empirical elements that aim to argue that the contemporary process of production of space is marked by metropolization-neoliberal pattern instead of the processes of Fordist urbanization that marked the second half of the twentieth century and consolidated the metropolises as the typical urban form of this period. The empirical analysis is based on the evaluation of the contribution of the investments in logistics to yield the grain production of Brazilian agriculture, through consolidation of the so-called logistics corridor of Tapajós, in Itaituba-PA, for the consolidation of a production chain of globalized and financialized value. From the importance that investment funds have in the allocation of fixed capital in this region, either directly via shareholding, or brokered by the headquarters of trading companies, we were able to identify the network of cities structuring this production chain and these investments in the lower Tapajós. In this identification, the megarregion of São Paulo stands out commanding the process of metropolization of the space of the low Tapajós, since more than 40% of these investments originate from it or pass through it.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2020-09-14
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.