• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2012.tde-09112012-111948
Documento
Autor
Nome completo
Erivaldo Costa de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Sousa Neto, Manoel Fernandes de (Presidente)
Moraes, Antonio Carlos Robert
Paula, Amir El Hakim de
Título em português
As territorialidades sovietes da Revolução Russa 1905-1921: elementos de uma interpretação geográfica
Palavras-chave em português
Formação territorial
Revolução Russa
Ruptura social
Territorialidade estatal
Territorialidade sovietes
Resumo em português
A presente pesquisa é uma abordagem geográfica da revolução russa. Mais precisamente um enfoque sobre o movimento dos sovietes dentro daquela ruptura social, cujo recorte temporal situa-se entre 1905-1921 e o âmbito espacial, o território do antigo império czarista. Para tanto, este trabalho partirá do pressuposto de que o movimento de conselhos que surgiu durante a conjuntura revolucionária na formação territorial russa, representou o engendramento de novas territorialidades em um cenário de definhamento da territorialidade estatal. Nessa perspectiva, nossa dissertação considerará ainda que as territorialidades sovietes foram um importante eixo estratégico que os bolcheviques - enquanto agentes da ruptura mobilizaram para a reafirmação da autoridade do Estado no âmbito geográfico da antiga soberania czarista.
Título em inglês
The Soviets territorialities of Russian Revolution 1905-1921: elements of a geographical interpretation
Palavras-chave em inglês
Russian revolution
Social disruption
Soviets territoriality
State territoriality
Territorial formation
Resumo em inglês
The present research is a geographical approach of the Russian revolution. More precisely it is focused on the soviets movement within that social disruption, whose time frame lies between 1905 and 1921 and, its spatial ambit, the territory of the ancient tsarist empire. Therefore, this work starts from the assumption that the councils movement that emerged during the revolutionary conjuncture, in Russian territorial formation , represented the engendering of new territorialities, in a scenery of dwindling of the state-owned territoriality. In this perspective, our dissertation still considers that the soviets territorialities were important strategic axis that the Bolsheviks, as agents of the disruption, mobilized to reassertion of State authority, within the geographical ambit of the ancient tsarist sovereignty.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-11-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.