• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.8.2002.tde-09052022-154909
Documento
Autor
Nome completo
Fernando de Padua Laurentino
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2002
Orientador
Banca examinadora
Andrade, Margarida Maria de (Presidente)
Glezer, Raquel
Seabra, Odette Carvalho de Lima
Título em português
Várzeas do Tamanduateí: industrialização e desindustrialização
Palavras-chave em português
Brás
Ferrovias
Industrialização
Mooca
São Paulo
Urbanização
Várzeas
Resumo em português
O presente trabalho discute a desindustrialização na área sudeste da cidade de São Paulo. A área em questão situa-se ao longo da antiga ferrovia Santos-Jundiaí e do rio Tamanduateí abrangendo parte dos antigos bairros operários do Brás, Mooca, Vila Prudente e Ipiranga. Além de uma breve discussão conceitual sobre desindustrialização, é apresentado um trabalho de campo na área citada tendo como foco de análise a Avenida Presidente Wilson e ao final, uma discussão sobre o uso de antigos edifícios industriais e o abandono dos mesmos. Porém, antes de se chegar aos propósitos, anteriormente citados, é feito um recuo histórico que busca trazer à discussão o processo de ocupação industrial na área de estudo. Para isto é trazida, junto à análise do tema, a várzea do Tamanduateí como elemento natural e como espaço para os mais diferentes usos de parte da população paulistana no início do século XX. Além disso, a fim de contextualizar este espaço, faz-se um estudo da vida nos antigos bairros operários ao longo do Tamanduateí a partir de relatos de antigos moradores
Título em inglês
Not available
Palavras-chave em inglês
Not available
Resumo em inglês
The present work argues the disindustrialization in the southeastern area of the city of São Paulo. The area in question is located along the old Santos-Jundiaí railroad and the river Tamanduateí enclosing part of the old laboring quarters of the Brás, Mooca, Vila Prudente and Ipiranga. Beyond one soon conceptual argue on the disindustrialization , it is presented a work in the field, in the mentioned area, having as focus of anlysis the avenue Presidente Wilson and to the end, an argue on the use of old industrial buildings and the abandonment of the same ones. For that is brought, together to the analysis of the subject, the flood plains of the river Tamanduateí as natural area and space for the most different uses of part of the city population in the beginning of century XX. Moreover, in order to look it in a wider spacial context, a survey of the life in the old laboring quarters along of the Tamanduateí from accounts of old inhabitants
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-05-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.