• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2013.tde-04102013-132815
Documento
Autor
Nome completo
Lina Patricia Giraldo Lozano
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Alves, Gloria da Anunciacao (Presidente)
Carlos, Ana Fani Alessandri
Dozena, Alessandro
Moreira, Gilsélia Lemos
Santana, Paola Verri de
Título em português
A cultura popular face à crise da cidade e do urbano
Palavras-chave em português
Bogotá
Centro
Cultura popular
Festa
Modernização
Resumo em português
O processo de modernização acelerado da sociedade que, para se realizar, precisa da produção de um espaço urbano fortemente homogêneo, hierarquizado e fragmentado tende a exacerbar as contradições centro-periferia. No caso de Bogotá, a modernização via planejamento Estatal acentua o fenômeno de periferização e com ele a segregação espacial. Encontramos assim, por um lado, um centro antigo que, por ser produzido como símbolo histórico e arquitetônico da cidade, tende a perder progressivamente suas características polimultifuncionais. É na região central onde, por meio da configuração de paisagens sumamente controladas e normatizadas, o Estado impõe de maneira muito violenta a desagregação das relações sociais. Por outro lado, encontramos uma área pericentral estilhaçada e periferizada, contudo, reduto de uma vida social intensa cujo sustento são os vínculos imediatos, laços de solidariedade e de confiança. Aqui o urbanismo de tipo espontâneo já é um indicativo da capacidade extraordinária que têm as populações periféricas de se apropriar dos espaços, de produzir o espaço enquanto obra. É na área pericentral de Bogotá, especificamente no bairro Egipto, que tem acontecido tradicionalmente a festa de Reyes Magos e de Epifania. Ela é fruto da persistência de práticas culturais e religiosas de origem camponesa, indígena e urbana que se imbricam definindo o característico sincretismo da cultura popular. O próprio desenvolvimento da festa e o fato dela estar reservada às camadas de menores rendas da cidade a consolidam como uma festividade periférica. A tendência à institucionalização, tanto por parte da Igreja, do Estado como da empresa privada, revela já aspectos da crise da cidade e do urbano. A festa, contudo, torna-se a possibilidade das populações dos bairros pericentrais reconstituírem a centralidade abafada pelo poder Estatal, pois implica não só a consolidação da identidade do próprio bairro, senão a possibilidade de apropriação integral do espaço que é usado para a restituição dos encontros, da sociabilidade, do lúdico. Nesse contexto, o objetivo principal deste trabalho consiste em estudar as implicações, desdobramentos e contradições do processo de modernização de Bogotá que resultam na produção das áreas pericentrais da cidade e, consequentemente, na constituição da cultura popular que é exemplificada por meio do desenvolvimento da festa de Reyes Magos do bairro Egipto.
Título em inglês
The popular culture in front of crisis from the city and the urban
Palavras-chave em inglês
Bogotá
Center
Festivity
Modernization
Popular culture
Resumo em inglês
Society´s accelerated modernization process has, for its development, to produce a strongly homogeneous, hierarchized and fragmented urban space and to exacerbate centerperiphery contradictions. In the case of Bogota, modernization made by state planning increases periphery formation process and with it, spatial segregation. It is perceived, first, an old center which, being produced as historical and architectural symbol of the city, trend to lose, progressively, its multi-polyfunctional characteristics. It´s in the central area where, by means of configuration of strongly controlled and ruled landscapes, state imposes disaggregation of social relationships in a very violent way. On the other hand, its perceived a pericentral area segregated and shattered, however, redoubt of an intense social life, which is based upon immediate bonds, solidarity and confidence links. Here, spontaneoustype urbanism is already an indication of the tremendous capability of peripheral populations for appropriating spaces and produce space as an oeuvre. It is in Bogota´s peripheral area, specifically at Egipto neighborhood, where it has been traditionally played the Reyes Magos y Epifania festivity. It has been consequence of the persistence of peasant, indigenous and urban-borne cultural and religious practices which imbricate themselves defining the specific syncretism of popular culture. The development of the festivity itself and the fact that it is reserved to lower class citizens of Bogotá, consolidate it as a peripheral celebration. Trend to institutionalization, either by the church as for the state and firms, already reveals aspects of crisis from the city and the urban. Festivity, anyway, turns into a possibility for people of pericentral neighborhoods to reconstruct their centrality, strangled by state power, as it implies not just consolidating their neighborhood identity, but the possibility of integral appropriation of space used for the restitution of encounters, sociability and playing. In this context, the main goal of this work is to study the implications, developments and contradictions from the process of modernization of Bogotá which result in the production of peripheral areas and, consequently, in the constitution of popular culture which is exemplified through the development of Reyes Magos festivity at Egipto neighborhood.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-10-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.