• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2013.tde-04102013-131311
Documento
Autor
Nome completo
Marcio Rufino Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Damiani, Amelia Luisa (Presidente)
Alves, Gloria da Anunciacao
Barbosa, Jorge Luiz
Marques, Marta Inez Medeiros
Martins, Flavia Elaine da Silva
Título em português
A reprodução do urbano nas tramas da metrópole: Operação Urbana Consorciada Vila Sônia
Palavras-chave em português
Caminhos e fronteiras
Classes sociais
Economia política
Estado
Política urbana
Resumo em português
São Paulo, metrópole global e do terciário avançado, tem conhecido, sobretudo nas últimas três décadas, a efetivação de operações urbanas em praticamente todas as regiões da cidade. Na escala municipal, a região compreendida pelos distritos do Butantã, Rio Pequeno, Morumbi e Vila Sônia torna-se objeto da composição desse instrumento urbanístico, a partir da chamada Operação Urbana Consorciada Vila Sônia (OUCVS). As reestruturações e modificações postas nos variados projetos da OUCVS estão francamente relacionadas ao lugar que a região ocupa na metrópole, cuja forma e conteúdo são herdeiros dos caminhos e fronteiras pregressos (reafirmando formas pregressas da propriedade), tanto em relação aos fluxos viários quanto às possibilidades econômicas do contemporâneo mercado imobiliário e seu crescente interesse por certas áreas consideradas estratégicas no município de São Paulo. Discernindo tal estratégia do espaço, trata-se também em considerar a reprodução das relações sociais de produção, assentando-se a espacialidade desse fenômeno nas tessituras do quotidiano; este, em sua materialidade, conduz ao necessário tratamento, neste trabalho, das camadas e classes sociais, bem como suas complexas tramas de relações. Assim, admitindo o desnível constante entre a(o) política(o) e a economia política, operados no corpo da reprodução das relações sociais de produção, sugerimos a consideração da política média como o devir dessa forma social, cujo fundamento se ancora em reiterativa alienação, mistificação, reificação e fetichização. Reconhecendo tais fundamentos, poder-se-ia abrir vias no intento da urgente superação do discurso, do pensamento e das práticas ancoradas ao Estado e a essa economia.
Título em inglês
The reproduction of the urban in the metropolis' wefts: Operação Urbana Consorciada Vila Sônia
Palavras-chave em inglês
Paths and borders
Political economy
Social classes
State
Urban policy
Resumo em inglês
São Paulo, global metropolis and including the advanced tertiary sector, has known, especially in the last three decades, the realization of urban operations in virtually all regions of the city. At the municipal level, the region comprising the districts of Butantã, Rio Pequeno, Morumbi and Vila Sônia becomes the object for the composition of this urban instrument, from the called Operação Urbana Consorciada Vila Sônia (OUCVS). The restructurings and changes which are put in varied projects for the OUCVS are frankly related to the place occupied by the region in the metropolis, whose form and content are the heirs of the paths and borders of its previous history (reaffirming stunted forms of ownership); that is both in relation to road flows as the economic possibilities of contemporary housing market and its growing interest in certain areas considered strategic in São Paulo. Discerning such a strategy space, it is also to consider the reproduction of social relations of production, bottoming spatiality of this phenomenon in everyday tessitura, who, in its materiality, leading to necessary treatment, in this work, for the layers and social classes as well as their complex webs of relationships. Thus, assuming the constant gap between the political and the political economy, both operated in the body of the reproduction of social relations of production, we suggest consider the middle politics as the average social becoming in this way, whose foundation is anchored in reiterative alienation, mystification, reification and fetishization. Recognizing such foundations, we should pave the way with the intent of the urgent overcoming of the speech, thought and practices anchored to this State and economy.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-10-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.