• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2009.tde-04022010-165138
Documento
Autor
Nome completo
Flora Medeiros Lahuerta
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Moraes, Antonio Carlos Robert (Presidente)
Glezer, Raquel
Lanna, Ana Lucia Duarte
Título em português
Geografias em movimento: território e centralidade no Rio de Janeiro joanino (1808-1821)
Palavras-chave em português
Centralidade
Geografia histórica
Período joanino
Rio de Janeiro
Território
Resumo em português
Pretendeu-se investigar, nesta dissertação, as transformações espaciais ocorridas no Rio de Janeiro no período em que a cidade foi morada da família real portuguesa (1808- 1821), a partir de diferentes escalas. Primeiramente, a escala da cidade, centrando a análise nas adaptações e ajustes necessários para transformar uma cidade colonial em cidade de corte. Em seguida investiga-se a configuração da região polarizada pelo Rio de Janeiro, observando-se os mecanismos de ocupação do território e exploração dos sertões, através do estreitamento de interesses entre a elite local e os emigrados da corte. Por fim, analisa-se a cidade na escala de suas relações intercontinentais: tanto como a capital de um Reino espalhado por quatro continentes, quanto como um porto dinâmico, que se consolida como centro de uma vasta rede articulando fluxos continentais e marítimos. Esta experiência de quase inversão de papéis, ao transformar-se a antiga capital colonial em sede da monarquia portuguesa e de um grande Império, teve consequências consideráveis para o processo de independência do Brasil, que vislumbrou na vastidão e potencialidade do território um de seus alicerces principais.
Título em inglês
Geographies in moviment: territory and centrality at Rio de Janeiro in D. João VI period (1808-1821)
Palavras-chave em inglês
Centrality
D. João VI period
Historical geography
Rio de Janeiro
Territory
Resumo em inglês
This research tries to investigate the spatial changes that took place in the city of Rio de Janeiro during the stay of the Royal family, after escaping from Napoleon. The scale of the city itself is the subject of the first chapiter that focus on the adaptations and adjusts needed to transform the colonial city into a court city. On the following chapiter, the mechanisms of occupation of the region polarized by the city in analyzed, including the exploitation of the borders (sertões). Finally, we go back to the scale of the city, but now to think of it as an intercontinental port that articulates terrestrial and maritime fluxes, and also as the capital of a vast kingdom. This experience of changing roles between colony and metropolis had some important consequences to the process of independence developed in Brazil. A political process that considered the territory as one of its most valuable basis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-02-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.