• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.8.2020.tde-03032020-162818
Documento
Autor
Nome completo
Tuwile Jorge Kin Braga
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Scarlato, Francisco Capuano (Presidente)
Alves, Gloria da Anunciação
Guimarães, Geny Ferreira
Silva, Salomão Jovino da
Título em português
A territorialidade do corpo negro na USP
Palavras-chave em português
Corpo negro
Geografias negras
Territorialidade
Território
USP
Resumo em português
O presente trabalho busca fazer uma análise territorial da USP-Butantã a partir da perspectiva do corpo negro dos(as) servidores(as) e estudantes de graduação que ocupam esse campus. Pensamos, assim, as territorialidades desses sujeitos como caminho para interpretações das relações raciais e espaciais desiguais e da luta antirracista que se materializam ora em dados quantitativos, ora em dados simbólicos provenientes de narrativas que revelam um conteúdo caracterizado por múltiplas vivências negras no interior da universidade. Para isso, nos ancoramos no método de Milton Santos para compreender o viés do corpo, da individualidade e da cidadania e dos movimentos de luta e de solidariedade que estão presentes na Universidade de São Paulo.
Título em inglês
The territoriality of the black body at USP
Palavras-chave em inglês
Black body
Black geographies
Territoriality
Territory
USP
Resumo em inglês
The present work seeks to make a territorial analysis of USP-Butantã through the perspective of black public servers and black undergraduate students who occupy this space. Thus, we think of the territoriality of these subjects as a way for interpretations of unequal racial and spatial relations and of the antiracist struggle, materialized by quantitative data and qualitative data from narratives that reveal a content characterized by multiple black experiences inside the university. In order to do this, we based this research on the Milton Santos' method to understand in the aspect of the body, individuality and citizenship and of the movements of struggle and solidarity present at the University of São Paulo.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-03-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.