• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Natália Nunes Patucci
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Déborah de (Presidente)
Colangelo, Antonio Carlos
Espindola, Carlos Roberto
Nunes, João Osvaldo Rodrigues
Título em português
Indicadores paleombientais para a avaliação dos processos de capturas fluviais em meio tropical úmido
Palavras-chave em português
Capturas fluviais
Indicadores paleoambientais
Luminescência Opticamente Estimulada (LOE) e Espectrometria de Massa por Aceleradores (AMS)
Vales secos
Resumo em português
A pesquisa teve como objetivo avaliar a captura do rio Guaratuba, situada no reverso da Serra do Mar em meio tropical úmido. Aspectos morfométricos e os materiais sedimentares e orgânicos de recobrimento superficial do vale seco foram utilizados como indicadores paleoambientais explicativos da captura. Foram coletadas amostras no divisor de bacias entre o alto Guaratuba e o rio Claro, para avaliação integrada de dados macromorfológicos, granulométricos, morfoscópicos, mineralógicos, geocronológicos e palinológicos. As amostras de material arenoso foram submetidas à datação absoluta por Luminescência Opticamente Estimulada (LOE), enquanto as de material orgânico foram submetidas à datação absoluta de 14C via Espectrometria de Massa por Aceleradores (AMS). Os materiais de recobrimento foram classificados na análise macromorfológica como Gleissolos, Espodossolos e Cambissolos os quais continham cascalheiras de até 75 cm de espessura. O Espodossolo apresenta-se como um paleossolo e o horizonte ortstein como um indicador litoestratigráfico. Na análise granulométrica ocorreu a predominância da fração arenosa em todos os horizontes descritos, assim como de quartzo e mica na análise mineralógica. Na análise morfoscópica da fração areia observou-se amplo arredondamento dos cascalhos e dos grãos de quartzo em todos os horizontes, o que assinala que esses sedimentos sofreram no passado erosão mecânica por fluxo de corrente ou deposição de torrente indicando paleoclima e condições hídricas diferentes das atuais. As características morfométricas das bacias atestam rejuvenescimento da bacia do Guaratuba em resposta à captura. As datações indicam períodos úmidos específicos do Holoceno, Pleistoceno e Ultimo Máximo Glacial vinculados em maior parte às condições de precipitação na região Sudeste. Os materiais de recobrimento do vale seco assim como a hidrodinâmica dos canais fluviais, estão sendo trabalhados pelos ciclos de umidade no sistema há pelo menos 36.500 anos A.P. É possível vincular a mudança do nível de base entre os rios e a consequente captura do Guaratuba ao Ultimo Máximo Glacial, a cerca de aproximadamente 25.000 anos A.P. A assembleia de táxons formada por Podocarpus sp, Ilex sp, Symplocus sp, Weinmannia sp, Myrsine sp, Alchornea sp,Mytenyus sp, Hedyosmum sp, famílias Myrtaceae, Poaceae e Asteraceae respondem como indicadores de paleoflorestas úmidas e/ou alagadas e paleoclimas frios e úmidos. Os táxons encontrados em sua maior parte adaptados a ambientes florestais frios e úmidos e constantemente ou sazonalmente alagados, indicam uma antigo região pantanosa no vale seco atual. Em cenário com elevação de precipitação seria retomado o aumento da erosão no reverso da escarpa, o que promoveria a retração dos divisores e da escarpa e novas capturas. As capturas são essenciais para a evolução da Serra do Mar e da planície litorânea no Sudeste Brasileiro, tendo como força propulsora a condição climática regional úmida. As respostas sugerem que no Quaternário as fases mais úmidas foram marcadas pelo aumento de taxas de erosão, esvaziamento de fundos de vales pelo aumento de incisão fluvial e rebaixamento do nível de base. A utilização da abordagem sistêmica para o estudo de capturas, tendo como base técnicas interdisciplinares, torna-se essencial ao elucidar em seus resultados a resposta positiva dos indicadores paleoambientais em âmbito regional e local.
Título em inglês
Paleoenvironmental indicators for evaluation of stream captures in wet tropical
Palavras-chave em inglês
Dry valleys
Optically Stimulated Luminescence (LOE) and Mass Spectrometry by Accelerators (AMS)
Paleoenvironmental indicators
Stream piracy
Resumo em inglês
The research aimed to evaluate the capture of the Guaratuba River, located on the reverse side of the Serra do Mar in tropical humid environment. Morphometric aspects, the sedimentary and organic materials of the dry valley superficial cover were used as paleoenvironmental indicators to explain the capture. Samples were collected in the basin division between the upper Guaratuba and river Claro, for the integrated evaluation of macromorphological, granulometric, morphological, mineralogical, geochronological and palynological data. Samples of sandy material were subjected to absolute dating by the method of Optically Stimulated Luminescence (OSL), while those of organic material were submitted to absolute dating of 14C via Mass Spectrometry by Accelerators (MSA). The superficial cover materials were classified in macromorphological analysis as Gleisols, Spodosols and Cambisols which contained gravels up to 75 cm layer thick. The Spodosol represents a paleosol and the ortstein horizon as a lithostratigraphic indicator. In the granulometric analysis the predominance of the sandy fraction occurred in all the horizons described, as well as quartz and mica in the mineralogical analysis. In the morphoscopic analysis of the sand fraction there was a wide rounding of the gravels and quartz grains in all the horizons, indicating that these sediments suffered in the past mechanical erosion by current flow or torrent deposition indicating paleoclimate and water conditions different from the current. The morphometric characteristics of the basins attest to rejuvenation of the Guaratuba basin in response to capture. The dates indicate specific periods of the Holocene, Pleistocene and Late Glacial Maximum, mostly linked to precipitation conditions in the Southeast region. The surface cover materials of the dry valley as well as the hydrodynamics of the river channels are being worked by the humidity cycles in the system for at least 36,500 years. It is possible to link the change of the base level between the rivers and the consequent capture of the Guaratuba to the Last Glacial Maximum, to approximately 25,000 years A.P. The taxon assembly formed by Podocarpus sp, Ilex sp, Symplocus sp, Weinmannia sp, Myrsine sp, Alchornea sp, Mytenyus sp, Hedyosmum sp, Myrtaceae, Poaceae and Asteraceae families respond as indicators of wet and / or flooded paleoflorests and cold and humid paleoclimates. The taxon found, mostly adapted to cold and humid and constantly or seasonally flooded forest environments indicate an ancient marshy region in the present dry valley. In a scenario with elevation of precipitation, would be resume the increase erosion in areas near the back of the escarpment would be resumed, which would promote the retraction of the dividers, escarpment and new captures. The captures are essential for the evolution of the Serra do Mar and the coastal plain in the Southeast of Brazil, with a moist regional climatic condition as the driving force. The responses suggest that in the Quaternary the wetter phases were marked by the increase of erosion rates, emptying of bottoms of valleys by the increase of fluvial incision and lowering of the base level. The use of the systemic approach for the study of captures, based on multidisciplinary techniques, becomes essential to elucidate in its results the positive response of paleoenvironmental indicators at regional and local level.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.