• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2011.tde-29052012-161826
Documento
Autor
Nome completo
Adriana de Fátima Penteado
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Ross, Jurandyr Luciano Sanches (Presidente)
Abreu, Adilson Avansi de
Fiori, Chisato Oka
Rodrigues, Cleide
Souza, Bernardo Sayão Penna e
Título em português
Mapeamento e análise geomorfológicos como subsídio para identificação e caracterização de terras inundáveis, estudos de caso da bacia hidrográfica do Rio dos Sinos - RS.
Palavras-chave em português
Geomorfologia
Mapeamento
Terras Inundáveis
Resumo em português
A área de estudo da presente pesquisa compreende a bacia hidrográfica do rio dos Sinos localizada entre as coordenadas de 50º 10 e 51º 20 de longitude oeste e entre 29º 15 e 30º 00 de latitude sul, atingindo municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre - RMPA e da chamada Serra Gaúcha. O objetivo do trabalho foi o de estudar as terras inundáveis da área especificada a partir de parâmetros geomorfológicos contextualizando-as dentro de uma concepção sistêmica da paisagem, adotando como recorte espacial a bacia hidrográfica. Buscou-se contribuir nas questões relativas às variadas nomenclaturas, definições e no método de estudo dessas áreas. Na escala da bacia analisaram-se a litologia e a pedologia a partir de mapas já presentes na literatura. Elaborou-se mapeamento geomorfológico na escala 1:100000, perfis transversais e longitudinais e análise de dados pluviométricos que serviram como base para a definição das imagens mais apropriadas para a delimitação do limite superior aproximado das terras inundáveis. Em escala de detalhe, 1: 10000 mapearam-se os lagos naturais, bem como aqueles com origem antropogênica, foi também possível refinar o limite das terras inundáveis estudadas. Por meio da elaboração dos mapas de uso nos limites e entorno das terras inundáveis foi possível uma visão do estado atual de conservação destas áreas. A metodologia operacional compreendeu o uso de técnicas do Sistema de Informações Geográficas e do Sensoriamento Remoto. A metodologia teórica metodológica foi embasada em Ab Saber (1969) que propôs três níveis básicos de pesquisa em geomorfologia, Ross (1992) com a proposta de taxonomia do relevo e Bertalanffy (1975) a partir da Teoria Geral dos Sistemas - TGS. No que se referem aos resultados na escala da bacia temos como principais formações litológicas: derrames basálticos e depósitos sedimentares, ambos pertencentes à Morfoestrutura da Bacia Sedimentar do Paraná e depósitos cenozóicos do Terciário e do Quaternário. As morfoesculturas resultantes compreendem áreas de planaltos, planícies e depressões relativas. Os basaltos de formação mais ácida formaram planaltos tabulares, os basaltos de constituição intermediária e básica formaram morros que variam entre 150 e 750 metros de altitude aproximadamente. Nos depósitos da formação Botucatu e Rosário do Sul predominam as colinas e morros de baixa altitude. As planícies flúvio - coluvionares e fluviais estão restritas aos depósitos do Quaternário e do Terciário respectivamente. Os solos localizados nas terras inundáveis foram o chernossolo háplico órtico no trecho médio e superior da bacia e o planossolo háplico eutrófico no trecho inferior. A partir da análise dos dados pluviométricos, que compreendeu o intervalo entre 1999 e 2008, constatou-se que as imagens mais apropriadas para a delimitação do limite superior aproximado das terras inundáveis seria a de outubro de 2005, porém utilizou-se a imagem de setembro de 2005, pelo fato desta, e não da outra, estar disponível. O mês de setembro foi antecedido pelo segundo mês com maior índice pluviométrico para 2005, assim, não houve grande prejuízo na utilização desta imagem. Dos seis mapas elaborados referentes ao aspecto natural das terras inundáveis constatou-se a incidência de lagos em todas as áreas, excluindo apenas o caso do mapa do trecho um jusante onde não há sinal de divagação de canal e alta taxa de alteração dos aspectos naturais. A maioria dos lagos se formaram naturalmente a partir do estrangulamento e abandono de meandro, há também lagos de origem antropogênica. A existência ou não de lagos definiu nomenclatura mais específica das terras inundáveis como fluvias ou flúviolacustres. A partir dos mapas das principais alterações antrópicas contatou-se que no trecho médio e de montante predomina a utilização agrícola. Nas áreas do trecho dois e três de jusante há maior incidência de vegetação natural, porém, de forma insuficiente, a ocupação urbana neste trecho se apresenta na maioria das vezes de forma concentrada. Constatou-se que nas áreas mais a jusante as terras inundáveis são maiores do que nas áreas mais a montante, o que pode ser explicado, entre outros fatores, pela influência do relevo na configuração espacial destas áreas. Acredita-se que a partir dos esforços aqui realizados que tiveram por base pressupostos conceituais e aplicados da Geomorfologia, foi possível melhor compreender as terras inundáveis, para a área de estudo e de forma geral independentemente de fatores de localização ou espaciais.
Título em inglês
geomorphological mapping and analysis as an aid to idenmtification and characterization of floodable lands. Case study of Rio dos Sinos, Brazil, RS
Palavras-chave em inglês
Geomorphology
Mapping
Wetlands
Resumo em inglês
The study area of this research comprises the Bells river basin located between the coordinates 50 º 10 'and 50 º 20' west longitude and between 29 º 15 'and 30 º 00' south latitude, reaching municipalities in the metropolitan area of Porto Alegre - RMPA and in the area of the called Serra Gaúcha. The aim of this work was to study the floodable lands in the specified area through geomorphological parameters, contextualizing these areas in a systemic approach of the landscape - the river basin. The methodology comprised, in a basin scale, geological and pedological analysis based on existing maps in the literature, 1:100000 scale geomorphological mapping, analysis of rainfall data that was the basis for defining the most appropriate images for the delineation of the approximate superior boundary of floodable lands. Scale of detail 1: 10000, water bodies placed in the defined areas, as well as major changes from land use, were mapped. High-resolution images were used in order to refine the floodable land boundaries, and these images served as well for paleochannels, land use and anthropogenic lakes mapping. The operational methodology included the use of techniques of Geographic Information System and Remote Sensing. The theoretical methodology was based on Ab'Saber (1969) who proposed three basic levels of research in geomorphology, Ross (1992) with the proposed taxonomy of relief and Bertalanffy (1975) from the General Systems Theory - TGS. With regard to the results on the basin scale, we have as main lithological formations: basalt flows and sedimentary deposits, both belonging to morphostructural of Paraná Sedimentary Basin, and Tertiary and Quaternary Cenozoic deposits. The forms of relief are related to these structures, the more acidic basalts form tabular plateaus, the basalts of intermediate and basic constitution formed hills ranging between 150 and 750 altitude meters approximately, in the Botucatu and Rosário do Sul deposits predominate the hills and low altitude mountains, the fluvial-colluvial and fluvial plains are restricted to Quaternary and Tertiary deposits respectively. The soils from floodable lands form Mollisol in the middle and superior section of the basin and Haplic Eutrophic Planosol in the lower part. The driest months are January, February and March, and the wettest are October, May and June in the period between 1999 and 2008. We can find, from the six generated maps, that the incidence of lakes is higher in the lower section in the cases that have not lost their natural characteristics due to human action. Most of the lakes are formed naturally from the meander stranglehold, and there are lakes of anthropogenic origin. Differences in relation to water bodies have defined more specific classification of land as fluvial or fluvial-lacustrial. We can find, from the six generated maps concerning the natural aspects of wetlands, that there is incidence of lakes in all areas, excluding only the case of the section 1 downstream, where there isnt any case of meandering and theres high rate of anthropogenic action. Most of the lakes are formed naturally from the meander stranglehold, and there are lakes of anthropogenic origin. Differences in relation to water bodies have defined more specific classification of land as fluvial or fluvial-lacustrial. From the maps of the major anthropogenic changes it was found that in the middle and higher river sections the land is used for agriculture predominantly. In the areas corresponding to sections two and three, downstream, there is a higher incidence of natural vegetation, however its still insufficiently. The urban settlement is most often concentrated. It was found that in further downstream areas the wetlands are bigger than in the upstream areas: this phenomenom can be explained by the shape of relief in the adjacent areas and even by the study of areas beyond the boundary of floodable land. Finally, we conclude that a kind of approach, as addopted in this research (which was based on geomorphological analysis), opens up possibilities for classification and better understanding of floodable lands the phenomenon studied.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-05-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.