• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Jéssica Omena Valmórbida
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Terra, Ricardo Ribeiro (Presidente)
Cyfer, Ingrid
Frateschi, Yara Adario
Repa, Luiz Sergio
Título em português
Espaço público e outro concreto em Seyla Benhabib
Palavras-chave em português
Espaço público
Feminismo
Seyla Benhabib
Universalismo
Resumo em português
O trabalho tem como objetivo analisar noções e teses fundamentais com as quais Benhabib constrói uma concepção de espaço público universalista capaz de superar a primazia do domínio legal, o excesso de racionalismo e a cegueira de gênero das teorias morais e políticas modernas, que segundo a autora ainda estão presentes na ética do discurso de seu interlocutor direto, Jurgen Habermas. Em nossa chave de leitura, este espaço público efetivamente democrático, capaz de responder às contribuições feministas, tem como pilar central as relações ético-políticas estabelecidas em regime conversacional, sob a égide do conceito de outro concreto, num continuum com o conceito de outro generalizado. Para cumprir este objetivo, procuramos mostrar que a participação dialógica no espaço público funciona como um procedimento de validação das regras de ação, ao mesmo tempo em que são vetores na transformação moral e política dos agentes. Em seguida, expomos como o conceito de outro concreto serve de plataforma para a superação das teorias éticas centradas no direito e na justiça, possibilitando a constituição de uma ética que considere as diferenças e a inclua questões de boa vida e felicidade em seu corpo teórico. Por fim, levando em consideração as críticas feministas sobre o déficit de gênero, bem como sobre a falta de concretude das teorias morais, sinalizamos a necessidade da construção de um novo modelo de espaço público que supere tais defasagens e, neste sentido, seja efetivamente democrático.
Título em inglês
Public space and concrete other in Seyla Benhabib
Palavras-chave em inglês
Feminism
Public space
Seyla Benhabib
Universalism
Resumo em inglês
This work aims to analyze fundamental notions and theses with which Benhabib constructs a conception of universalistic public space capable of overcoming the primacy of the legal domain, the excess of rationalism and the blindness of gender in modern moral and political theories which are still present in the Discourse Ethics of hers direct interlocutor, Jürgen Habermas. In our interpretation, this effectively democratic public space, capable of responding to feminist contributions, is based on ethical-political relations established under a conversational regime, through the concept of "concrete other", in a continuum with the concept of "generalized" other. In order to fulfill this objective, we try to show that dialogic participation in public space functions as a validation procedure for the rules of action, while at the same time they are vectors in the moral and political transformation of the agents. Following, we explain how the concept of the "concrete other" serves as a platform for overcoming ethical theories centered on law and justice, enabling the constitution of an ethic that considers differences and includes questions of good life and happiness in its theoretical framework. Finally, taking into account the feminist critiques of gender deficit, as well as the lack of concreteness of moral theories, we signal the need to construct a new model of public space that overcomes such lags and, in this sense, be effectively democratic.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-07-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.