• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.8.2020.tde-20042021-210220
Documento
Autor
Nome completo
Orlando Lima Pimentel
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Mariconda, Pablo Ruben (Presidente)
Kinouchi, Renato Rodrigues
Oliveira, Marcos Barbosa de
Zaterka, Luciana
Título em português
Charles Babbage: teologia, técnica e economia no Nono tratado de Bridgewater
Palavras-chave em português
Charles Babbage
Economia política
Tecnologia
Teologia Natural
Resumo em português
Charles Babbage (1791-1871) foi um polímata, economista e engenheiro formado pela Universidade de Cambridge, hoje reconhecido por ser o primeiro a projetar máquinas de cálculo programáveis. Seu renome, comumente associado à história da computação, no entanto, acabou por ofuscar as outras facetas do autor, de tal modo que a diversidade de temas de sua obra passou despercebida pela maioria de seus comentadores. Neste trabalho, propomos uma interpretação ampla dessa menos explorada diversidade do pensamento babbageano, adotando como ponto de partida a sua teologia natural, presente em The Ninth Bridgewater Treatise (1837). Através da articulação de suas reflexões teológicas, de sua experiência como designer de máquinas de cálculo programáveis e de suas propostas para o desenvolvimento econômico e tecnológico enfatizamos, ao longo do trabalho, as linhas guias da obra do matemático de Cambridge. A fim de melhor fundamentar nossa hipótese interpretativa geral, na primeira e segunda parte desta dissertação, contextualizamos tanto o período histórico de Babbage quanto a relação entre a teologia natural babbageana e aquela adotada pela coleção dos Tratados de Bridgewater. Passamos, em seguida, ao comentário de trechos importantes do Nono tratado e, por fim, à conclusão, na qual apresentamos as possíveis críticas ao projeto teológico e econômico babbageano.
Título em inglês
Charles Babbage: theology, technique, and economy in the Ninth Bridgewater Treatise
Palavras-chave em inglês
Charles Babbage
Natural Theology
Political economy
Technolog
Resumo em inglês
Charles Babbage (1791-1871) was a polymath, economist and engineer graduated from the University of Cambridge, today recognized for being the first to design programmable calculating machines. His reputation, commonly associated with the history of computing, however, ended up overshadowing the other facets of the author, in such a way that the diversity of themes in his work went unnoticed by most of his commentators. In this work, we propose a broad interpretation of this less explored diversity of the Babbagean thought, taking as its starting point its natural theology, present in The Ninth Bridgewater Treatise (1837). Through the articulation of his theological reflections, his experience as a designer of programmable calculus machines, and his proposals for economic and technological development, we emphasize, throughout the work, the guidelines of the work of the Cambridge mathematician. In order to better base our general interpretive hypothesis, in the first and second part of this dissertation, we contextualize both the historical Babbage period and the conflicting relationship between Babbagean natural theology and that adopted by the Bridgewater Treaties collection. We then proceed to comment on important passages from the Ninth treaty and, finally, to the conclusion, in which we present possible criticisms of the Babbagean theological and economic project.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-04-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.