• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.8.2021.tde-14042022-122343
Documento
Autor
Nome completo
Gustavo de Azevedo Torrecilha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Werle, Marco Aurélio (Presidente)
Castro, Pedro Sussekind Viveiros de
Klotz, Hans Christian
Tolle, Oliver
Título em português
O sistema das artes na estética de Hegel
Palavras-chave em português
Estética
Hegel
Sistema das artes
Resumo em português
Ao propor a construção de um sistema das artes, Hegel busca apreendê-las tanto em sua singularidade quanto em sua universalidade enquanto arte. O sistema das artes é a terceira parte da estética, apresentado depois das partes dedicadas ao belo ideal e às Formas de arte, e corresponde à investigação da realização da arte na efetividade, da efetivação do espírito na materialidade, na forma das diferentes artes particulares. A sistemática proposta por Hegel, que compreende a universalidade da arte articulada com a singularidade das artes particulares, reflete um aspecto lógico que permeia todo o seu pensamento filosófico, ainda que existam também questões inerentemente estéticas que determinam a compreensão conceitual da arte e das artes. A constituição de um sistema das artes corresponde a um ponto que vinha sido constantemente trabalhado por parte dos pensadores alemães dos períodos do idealismo e do romantismo, fundamentalmente a partir da compreensão de questões formais e de expressividade de cada arte, sendo que Hegel destacará o conteúdo no âmbito essa discussão. Para isso, a estética hegeliana estabelece um conteúdo típico de cada arte, reflexo do contexto espiritual das Formas de arte, e que demandará diferentes maneiras de realização do espírito na materialidade, com o conteúdo simbólico se ligando à arte da arquitetura, o conteúdo clássico à arte da escultura e o conteúdo romântico às artes da pintura, da música e da poesia. A partir do tratamento com base no conteúdo histórico das artes, constitui-se um sistema dinâmico, permitindo também se refletir sobre o contexto posterior a Hegel a partir da chave de seu pensamento, discutindo os diferentes tensionamentos entre forma e conteúdo na arte moderna.
Título em inglês
The system of arts in Hegel's aesthetics
Palavras-chave em inglês
Aesthetics
Hegel
System of arts
Resumo em inglês
By proposing the construction of a system of arts, Hegel seeks to apprehend them both in their singularity and in their universality as art. The system of arts is the third part of his aesthetics, presented after the parts dedicated to the beautiful ideal and to the artforms, and corresponds to the investigation of the realization of art in the effectiveness, of spirituality in materiality, in the form of the individual arts. The systematic proposed by Hegel, which comprehends the universality of art articulated with the singularity of the individual arts, reflects a logical aspect that permeates all of his philosophical thought, although there are also inherently aesthetic issues that determine the conceptual understanding of art and the arts. The constitution of a system of arts corresponds to a point that had been constantly discussed by German philosophers in the periods of idealism and romanticism, fundamentally based on the understanding of formal and expressive points of each art, while Hegel will highlight the content within this scope. In order to do so, the Hegelian aesthetic establishes a typical content of each art, which reflects the spiritual context of the artforms, and each art will demand different ways in order to realize the spirit in materiality, with the symbolic content linked to the art of architecture, the classical content to the art of sculpture and the romantic content to the arts of painting, music and poetry. Due to the historical content of the arts, a dynamic system is constituted, also making it possible to reflect on the context after Hegel based on his thought and to discuss the different tensions between form and content in modern art.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-04-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.