• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2016.tde-12092016-122503
Documento
Autor
Nome completo
Dyogo Henrique Machado Gontijo Silva Leão
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Keinert, Maurício Cardoso (Presidente)
Noto, Carolina de Souza
Pimenta, Pedro Paulo Garrido
Título em português
A arqueologia de uma tensão: o diagnóstico do presente de As palavras e as coisas
Palavras-chave em português
Antropologia
Arqueologia
Michel Foucault
Ser da linguagem
Resumo em português
Se é possível dizer que As palavras e as coisas de Michel Foucault realiza um diagnóstico do presente, pensamos que este consiste na descrição arqueológica do modo de coexistência da figura epistemológica do homem com um questionamento sobre o ser da linguagem em meados do século XX. O propósito geral desta dissertação será, assim, acompanhar a maneira pela qual Foucault descreve a constituição dos termos desse diagnóstico, a fim de ver como eles chegam a coexistir num mesmo campo epistemológico; mas, também, procuraremos mostrar como essa descrição da coexistência do homem e da linguagem se direciona para isto que consideramos como um ponto de tensão, em que Foucault identifica uma abertura de possibilidades no cerne do saber moderno.
Título em inglês
Archaeology of a tension: the diagnostic of the present in The Order of Things
Palavras-chave em inglês
Anthropology
Archaeology
Being of language
Michel Foucault
Resumo em inglês
If it is possible to say that Michel Foucaults The order of things makes a diagnosis of the present, we think that it consists of the archaeological description of how the epistemological figure of men coexists with a questioning about the being of language in the middle of the XX century. Therefore we aim to follow the way Foucault describes the constitution of the terms of this diagnostic, in order to see how they come to coexist in the same epistemological field. Nevertheless we seek to show as well how this description of the coexistence of man and language leads to what we consider a point of tension, in which Foucault identifies a opening up of possibilities at the very heart of the modern thought.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-09-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.