• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.8.2021.tde-01072021-183350
Documento
Autor
Nome completo
Lourenço Fernandes Neto e Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Pimenta, Pedro Paulo Garrido (Presidente)
Cruz, Fernão de Oliveira Salles dos Santos
Kossovitch, Leon
Roque, Tatiana Marins
Título em português
O método de Condillac como técnica simbólica
Palavras-chave em português
Condillac
Epistemologia
Gramática Geral
História da Metodologia
Método
Sensualismo
Signo
Resumo em português
Este trabalho empreende uma interpretação global da filosofia de Étienne Bonnot de Condillac do ponto de vista de uma técnica simbólica. Busca-se abordar este método geral face aos desenvolvimentos históricos que o condicionam, bem como explicitar o diálogo contínuo que o autor mantém entre disciplinas, autores e épocas para a elaboração de seu pensamento. A filosofia de Condillac tem pretensões enciclopédicas e visa angariar toda a gama dos conhecimentos humanos sob uma perspectiva coletiva e técnica de sua produção. Este sensualismo, que se desenvolve como gramática geral e prefigura uma semiótica, se mostra um passo importante para a história das divisões disciplinares, pois visa estabelecer um único fundamento metodológico para todos os conhecimentos humanos. Um tal fundamentos e encontrará no uso de signos, compreendidos em ampla generalidade, e será encarado como condição para a produção e para o aprimoramento dos conhecimentos humanos em todos os campos de aplicação, da física à psicologia, da gramática à história, das artes mecânicas às matemáticas, da antropologia à economia política.
Título em inglês
Condillac's method as a symbolic technique
Palavras-chave em inglês
Condillac
Epistemology
General Grammar
History of Methodology
Method
Sensualism
Sign
Resumo em inglês
This work undertakes a global interpretation of Étienne Bonnot de Condillac's philosophy from the point of view of a symbolic technique. It seeks to approach this general method in the face of the historical developments which condition it as well as to make explicit the continuous dialogue which the author maintains between disciplines, authors and eras for the elaboration of his thought. Condillac's philosophy has encyclopedic pretensions and aims to collect the entire range of human knowledge from a collective and technical perspective of its production. This sensualism, which develops as a general grammar and prefigures a semiotics, proves to be an important step in the history of disciplinary divisions since it aims to establish a single methodological foundation for all human knowledge. Such a foundation will be found in the use of signs, understood in broad generality, and will be regarded as a condition for the production and improvement of human knowledge in all fields of application, from physics to psychology, from grammar to history, from the mechanical arts to mathematics, from anthropology to political economy.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-07-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.