• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.8.2019.tde-11122019-160123
Documento
Autor
Nome completo
Iuri Cardoso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Garcia, Sylvia Gemignani (Presidente)
Almeida, Heloisa Buarque de
Carlotto, Maria Caramez
Teixeira, Jacqueline Moraes
Título em português
O mundo e um outro mundo: reprodução cultural e produção da diferença em vivências universitárias de estudantes lésbicas, gays e bissexuais da USP
Palavras-chave em português
Estudantes
Opressão
Orientação sexual
Tolerância
Universidade de São Paulo
Resumo em português
Esta pesquisa busca explorar, a partir de uma perspectiva interseccional, as vivências universitárias de estudantes lésbicas, gays e bissexuais da Universidade de São Paulo, considerando as unidades sediadas na cidade de São Paulo. O material empírico é composto por 17 entrevistas semiestruturadas que foram realizadas durante o ano de 2018 e em janeiro de 2019. Para isso localizo historicamente as contradições incorporadas pela instituição universitária moderna, notadamente as funções de reprodução cultural e de produção de conhecimento reflexivo que, no cenário contemporâneo, balizam, de um lado, o processo de incorporação, pelas universidades, da função de responsabilidade social e, de outro, o surgimento e difusão dos estudos acadêmicos de gênero e sexualidade. Situando mais especificamente o objeto da pesquisa, reconstruo brevemente algumas relações entre a cidade de São Paulo e as pautas de diversidade sexual e de gênero para, então, analisar algumas dinâmicas socioespaciais da USP, utilizando, principalmente, dados da pesquisa Interações na USP, realizada pelo Escritório USP Mulheres em 2018. A partir disso, debruço-me sobre os dados coletados, apresentando as características sociais de cada entrevistado, buscando entender quais as especificidades da USP na construção das vivências de cada um. Em seguida, apresento como as marcações sociais, nomeadamente raça, gênero e classe, influenciam essas experiências, a partir de aproximações e distanciamentos das narrativas. Por fim, faço uma análise exploratória de duas entrevistas realizadas.
Título em inglês
The world and another world: cultural reproduction and difference production in university experiences of lesbian, gay, and bisexual USP students
Palavras-chave em inglês
Opression
Sexual orientation
Students
Tolerance
Universidade de São Paulo
Resumo em inglês
This research seeks to investigate, from an intersectional perspective, the university experiences of lesbian, gay and bisexual students from São Paulo University, considering the units located in the city of São Paulo. The empirical data consists of seventeen semi-structured interviews, which were conducted through the year of 2018 and on January 2019. In this regard, I historically trace the contradictions incorporated by the modern university, notably the cultural reproduction and reflexive knowledge production functions that, in the current setting, set boundaries of, on one side, the incorporation process, by universities, of social responsibility and, on the other, the emergence and diffusion of academic researches on gender and sexuality. Circumscribing more specifically this research object, I briefly reconstruct some relations between the city of São Paulo and regarding gender and sexual diversity agenda in order to analyze some of the University of São Paulo socio-spatial dynamics, mainly making use of data from the "Interações na USP" research, conducted by Escritório USP Mulheres in 2018. Based on that, I adress my collected data, setting forth the social characterization of each interviewed in order to understand which are the specific features related to the University of São Paulo that shapes the experiences of each one of them. Afterwards, I present how social markings such as race, gender and class have influenced those experiences, stemming from narratives approximations and detachments. Lastly, I carry out an exploratory analysis of two interviews.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.