• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2013.tde-11062013-105409
Documento
Autor
Nome completo
Renata Barreto Preturlan
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Sallum Junior, Brasilio Joao (Presidente)
Guimaraes, Antonio Sergio Alfredo
Truzzi, Oswaldo Mario Serra
Título em português
Mobilidade e classes sociais: o fluxo migratório boliviano para São Paulo
Palavras-chave em português
Bolivianos
Classes sociais
Imigração
Migrantes
Mobilidade social
Resumo em português
O objeto deste trabalho é o fluxo migratório boliviano para São Paulo. Ele tem como objetivo contribuir para os avanços teóricos sobre as migrações em geral, e para o avanço das teorizações sobre as migrações transnacionais em particular, problematizando a estruturação dos fluxos migratórios pelas diferenças de classes sociais. A pesquisa visa responder em que medida as diferenças e hierarquias de classes sociais constituem uma dimensão relevante para a análise e compreensão de fluxos migratórios, especialmente aqueles marcados por forte mobilidade espacial, como o fluxo boliviano para São Paulo. A hipótese que orientou a investigação é de que a extração de classe dos migrantes e sua situação de classe no local de destino são dimensões centrais para a compreensão dos diferentes perfis dos fluxos migratórios, suas condições de integração e relação com o Estado e o espaço público. Foi adotado o conceito de classe social de Max Weber. A investigação se debruçou sobre as condições que dão origem aos fluxos migratórios bolivianos, incluindo sua inserção no sistema migratório regional vinculado aos setores de confecções da capital paulistana e de Buenos Aires (Argentina). Também é discutida a situação de classe dos migrantes em São Paulo, principalmente a partir de suas principais inserções no mercado de trabalho local (setor de confecções e comércio ambulante). A partir deste diagnóstico, é discutida inserção dos migrantes no espaço público, sua relação com o Estado brasileiro e suas formas de organização e associação. Por fim, a partir de uma análise microssocial, discutem-se as motivações e perspectivas do projeto migratório, e o papel dos objetivos de ascensão social na estruturação das suas trajetórias migratórias e de vida.
Título em inglês
Mobilities and social classes: the Bolivian migration flow to São Paulo
Palavras-chave em inglês
Bolivians
Immigration
Migrants
Social classes
Social mobility
Resumo em inglês
his study concerns the Bolivian migration flow to São Paulo. Its objective is to contribute to promote theoretical developments on migrations in general, and to the theories on transnational migrations in particular, discussing the structuring role of social classes differences regarding migration flows. This research seeks to answer the following question: to what extent social classes differences and hierarchies are a relevant dimension to the analysis and comprehension of migration flows, especially those characterized by intense special mobility, such as the Bolivian migration flow to São Paulo? The hypothesis that guided the investigation is that the migrants class extraction and their class situation in the place of settlement are central dimensions to comprehending the different types of migration flows, their conditions of integration and their relationship to the state and public space. Max Webers concept of social classes was adopted in this study. The research focused on the conditions that originate the Bolivian migration flows, including their role in the regional migration system related to the garment industry in São Paulo and Buenos Aires (Argentina). It also discusses the migrants class situation in São Paulo, especially according to their main occupations in the São Paulo labor market (garment industry and street trading). Based on this diagnosis, the study discusses the migrants access to the public space, their relationship to the Brazilian state and their associative initiatives. Lastly, from a micro social perspective, it discusses the motivations and perspectives of the migration project, and the role of the rising social mobility objectives in the structuring of their migration and life trajectories.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-06-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.