• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.8.2020.tde-03082020-143936
Documento
Autor
Nombre completo
Ariadne Lima Natal
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2020
Director
Tribunal
Abreu, Sergio França Adorno de (Presidente)
Almeida, Bruna Gisi Martins de
Batitucci, Eduardo Cerqueira
Costa, Arthur Trindade Maranhão
Título en portugués
Expectativas autoritárias: apoio ao uso da força excessiva pela polícia
Palabras clave en portugués
Autoritarismo
Brutalidade Policial
Polícia
Survey
Uso da Força Excessiva
Resumen en portugués
A tese examina as atitudes do público a respeito do uso da força excessiva pela polícia. Nosso pressuposto é que as práticas arbitrárias e o emprego de métodos violentos e abusivos que marcam historicamente a atuação das forças policiais brasileiras não poderiam ser um fenômeno tão persistente sem a existência de algum respaldo por parte da sociedade para a manutenção de tais ações. Nesse sentido, investigamos não só a magnitude desse apoio, mas principalmente, quais são as explicações que podem ser acionadas para melhor compreender o respaldo conferido para a polícia agir de maneira violenta. Com base em um estudo empírico, conduzido por meio de dados de um survey aplicado a 1.806 moradores da cidade de São Paulo em 2018, verificamos que efeitos as variáveis sociodemográficas, contextuais e atitudinais exercem sobre a disposição de apoiar o uso da força excessiva por parte da polícia. Nossos dados indicam que o apoio ao uso da força excessiva pela polícia é mais acentuado dentre os brancos, os homens e pessoas com maior adesão à valores autoritários, e não se mostrou relacionado com medo do crime e percepção de vulnerabilidade ao crime. Os resultados apontam que, para uma parcela dos entrevistados, o apoio a ações excessivas da polícia está ligado à uma concepção autoritária do exercício de poder.
Título en inglés
Authoritarian expectations: Public Support for police use of excessive force
Palabras clave en inglés
Authoritarianism
Police
Police Brutality
Survey
Use of excessive force
Resumen en inglés
The thesis examines public attitudes towards the use of excessive force by the police. Our assumption is that the arbitrary practices and the use of violent and abusive that historically mark the performance of the Brazilian police forces could not be such a persistent phenomenon without the existence of some kind of support from society for the maintenance of such actions. In this sense, we investigate not only the magnitude of this phenomenon but mainly, what are the explanations that can be used to better understand the support given to the police brutality. Based on an empirical study conducted using data from a survey applied to 1,806 residents of the city of São Paulo in 2018, we found that sociodemographic, contextual and attitudinal variable affects the willingness to support the use of excessive force by police. Our data indicate that support for the use of excessive force by the police is more pronounced among whites, men, and people with greater adherence to authoritarian values, and was not related to fear of crime and perception of vulnerability to crime. The results show that, for a portion of the interviewees, support for excessive police actions is linked to an authoritarian conception of the exercise of power.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2020-08-03
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.