• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Thèse de Doctorat
DOI
https://doi.org/10.11606/T.8.2022.tde-03102022-190435
Document
Auteur
Nom complet
Guilherme Pires Arbache
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2021
Directeur
Jury
Moises, Jose Alvaro (Président)
Balbachevsky, Elizabeth
Carreirão, Yan de Souza
Teixeira, Marco Antonio Carvalho
Titre en portugais
Quem nos representa?: análise comparada da congruência ideológica entre cidadãos e representantes políticos
Mots-clés en portugais
Congruência ideológica
Representação política
Sistemas eleitorais
Voto compulsório
Resumé en portugais
A qualidade da representação democrática tem sido analisada através de medidas da congruência ideológica entre cidadãos e representantes. A maior parte desses estudos foca no efeito dos sistemas eleitorais (Representação Proporcional vs Sistemas Majoritários), sem chegar a um consenso. Falta nesses estudos uma preocupação com os mecanismos causais relacionados a esses sistemas. Também faltam trabalhos com outras variáveis explicativas e com democracias menos avançadas. Buscamos preencher essas lacunas, primeiramente, desagregando a congruência em três etapas do processo eleitoral: 1- cidadãos/eleitores; 2- eleitores/partido votado; 3-partido votado/cadeiras legislativas, com medidas da congruência em temas específicos (apoio ao casamento homoafetivo; aborto e questões de redistribuição de renda e intervenção estatal) e na dimensão Esquerda-Direita. Os níveis de congruência são semelhantes em todas essas medidas. Quanto às etapas, as maiores variações são entre eleitores e partidos votados, indicando que fatores da eleição em si são mais importantes para explicar a congruência. Em seguida, realizamos regressões em dois níveis (país e indivíduo) com dados do CSES (Comparative Studies of Electoral Systems) para analisar a relação eleitor-voto. Propomos um modelo original, onde as principais variáveis explicativas são os três requisitos básicos para o eleitor votar em partidos ideologicamente próximos: oferta eleitoral (distância mínima ofertada nas urnas); a capacidade deste eleitor de identificar o partido com essa distância mínima; e sua disposição em votar de acordo com posição ideológica vis-a-vis outros fatores. Também testamos a qualidade da democracia e o voto obrigatório, que receberam pouca atenção da literatura especializada até o momento. Por fim, replicamos essa análise de dois níveis para eleições presidenciais, algo inédito nos estudos de congruência. Os resultados apontam para um papel importante dos sistemas eleitorais, mas de maneira complexa (oferta eleitoral é o mais importante preditor, enquanto o número de partidos apresenta uma relação não-linear, sugerindo que um número excessivo de opções nas urnas pode trazer mais prejuízos do que benefícios ao eleitor). A qualidade da democracia apresenta associação positiva com a congruência, mas não houve resultados claros quanto a quais componentes desagregados desse indicador (liberdades políticas ou direitos civis) trariam esse efeito.
Titre en anglais
Who represents us: a comparative analysis of citizen-representative ideology congruence
Mots-clés en anglais
Compulsory vote
Electoral systems
Ideology congruence
Political representation
Resumé en anglais
The quality of democratic representation has been assessed through measurements of citizen-representative ideology congruence. Most studies focus on the effect of electoral systems (Proportional vs Majoritarian), without reaching a consensus. Such analyses do not properly address causal mechanisms. There is also a scarcity of investigations with other variables and with less developed democratic countries. We fill those gaps, first, through an electoral step-wise analysis which compares the ideological distribution between 1- citizens and voters; 2- voters and votes (i.e., parties' ideology weighted by the shares of votes) and finally, 3 - votes and seats (each party now weighted by its share of seats), with both Left- Right and issue congruence measurements. We find similar levels of congruence across these measurements, but significant variations across the three steps, being the second (electoral) the most important to explain congruence. We perform then a multilevel analysis based on the Comparative Studies of Electoral Systems (CSES) dataset, aiming to understand the impact of 3 independent variables on ideological (mis)representation: electoral supply (availability of ideologically close candidates); voters perception of candidates ideology; and valence voting (when ideology closeness is simply not important for a voter decision). Compulsory Voting and Quality of Democracy, variables rarely mentioned in previous studies, are also addressed. We also repeat such analysis for presidential elections. Our results suggest electoral systems are more important to explain congruence, but not in a simple fashion: electoral supply is the most important predictor, while the number of parties show a curvilinear relationship, suggesting a large amount of electoral choices does more harm than good to voters. Quality of Democracy also presents a positive correlation with ideology congruence.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2022-10-03
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2022. Tous droits réservés.