• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.76.2020.tde-29092020-145301
Documento
Autor
Nombre completo
Natasha Ferreira Mezzacappo
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Carlos, 2020
Director
Tribunal
Bagnato, Vanderlei Salvador (Presidente)
Corbi, Juliano Jose
Freitas, Laura Marise de
Título en portugués
Avaliação dos efeitos subletais da inativação fotodinâmica em larvas de Aedes aegypti (Diptera: Culicidae) e fotodegradação da curcumina em D-manitol
Palabras clave en portugués
Aedes aegypti
Curcumina
Inativação fotodinâmica
Resumen en portugués
As arboviroses transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti têm sido um grande problema enfrentado pelo Brasil nos últimos anos, com alto número de casos notificados. O principal método atual de controle vetorial se baseia no uso de inseticidas químicos, levando à seleção de populações altamente resistentes. Diante disso, a inativação fotodinâmica (IFD) em larvas de Aedes aegypti tem sido testada como uma alternativa aos larvicidas convencionais. Com isso, um dos principais objetivos deste estudo foi analisar os possíveis efeitos subletais da IFD sobre primeiro e terceiro instars (L1 e L3) de larvas de Aedes aegypti, utilizando a curcumina em D-manitol (CDM). Foram avaliados parâmetros como desenvolvimento larval, proporção sexual, longevidade e tamanho das asas, empregando três concentrações subletais (CL25, CL50 e CL75), dois grupos controle (água e D-manitol) e lâmpadas fluorescentes foram utilizadas como fonte de iluminação. No tratamento com as larvas L1, houve atrasos no desenvolvimento larval, com maior taxa de fêmeas e redução significativa na longevidade dos adultos. O tratamento nas larvas L3 levou à atrasos na pupação, maior taxa de machos no grupo CL75, redução da longevidade nos grupos tratados e redução dos adultos emergentes no grupo CL25. Foi investigado também o processo de fotodegradação da CDM em lâmpadas fluorescentes e LEDs azuis, utilizando a técnica de espectrometria em UV-vis. A fotodegradação mostrou tendências diferentes na luz branca e na luz azul, ocorrendo mais lentamente na luz branca. Além disso, foi verificada a ação ovicida da CDM, que resultou em alta redução da viabilidade dos ovos. A persistência da atividade fotolarvicida da CDM em duas concentrações também foi analisada, e se mostrou baixa quando comparada a larvicidas convencionais. Assim, é possível concluir que a CDM, mesmo em condições subletais, pode afetar negativamente o desenvolvimento e sobrevivência do Aedes aegypti, destacando o potencial do seu uso como fotolarvicida no controle vetorial.
Título en inglés
Evaluation of sublethal effects of photodynamic inactivation on Aedes aegypti (Diptera:Culicidae) larvae and photodegradation of curcumin in D-mannitol
Palabras clave en inglés
Aedes aegypti
Curcumin
Photodynamic inactivation
Resumen en inglés
Arboviruses transmitted by Aedes aegypti mosquito have been a major problem in Brazil recently, with high number of reported cases. Vector control has been made mostly by chemical insecticides, leading to the selection of highly resistant populations. Regarding this, photodynamic inactivation (PDI) in Ae. Aegypti larvae has been tested as an alternative to conventional larvicides. Thus, one of the main aims of this study was to analyze the possible sublethal effects of PDI on first and third instars (L1 and L3) of Aedes aegypti larvae, using curcumin in D-mannitol (CDM). Parameters such as larval development, sexual proportion, longevity and wing size were evaluated, employing three sublethal concentrations (LC25, LC50 and LC75), two control groups (water and D-mannitol) and fluorescent lamps were used as illumination source. In the treatment with L1 larvae, there were delays in larval development, with a higher rate of females and a significant reduction in adult longevity. Treatment in L3 larvae led to delayed pupation, a higher rate of males in LC75 group, reduced overall longevity and size of emergent adults in LC25 group. Photodegradation process of CDM under fluorescent lamps and blue LEDs was also studied, using the UV-vis spectrometry technique. Photodegradation showed different trends in white and blue light, occurring more slowly in white light. Moreover, ovicidal action of CDM was verified, which resulted in a high reduction in egg viability. Persistence of CDM photolarvicidal activity in two concentrations was also analyzed, and was shown to be low when compared to conventional larvicides. Overall, it is possible to state that CDM, even in sublethal conditions, can negatively affect the development and survival of Ae. Aegypti, highlighting its potential use as a photolarvicide in vector control.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2020-11-10
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.