• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.75.2022.tde-11052022-091617
Documento
Autor
Nome completo
Thayane Melo de Queiroz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2022
Orientador
Banca examinadora
Porto, André Luiz Meleiro (Presidente)
Oliveira, Juliêta Rangel de
Forim, Moacir Rossi
Lira, Simone Possedente de
Nascimento, Isabele Rodrigues
Título em português
Biotransformação de esteroides por fungos de ambiente marinho e semi-síntese de β-ceto-1,2,3-triazois derivados do etinilestradiol
Palavras-chave em português
β-ceto-1,2,3-triazois
biotransformação
esteroides
semi-síntese
Resumo em português
O capítulo 1 apresenta o estudo da biotransformação do etinilestradiol 1, da progesterona 2 e da estrona 3 por fungos de ambiente marinho. Doze linhagens de fungos marinhos foram avaliados em relação à biotransformação do etinilestradiol 1 e da progesterona 2, assim como duas linhagens de fungos, Penicillium oxalicum CBMAI 1185 e Penicillium oxalicum CBMAI 1996, foram avaliadas em relação à biotransformação da estrona 3. A partir da biotransformação do etinilestradiol 1 por P. oxalicum CBMAI 1996 obteve-se os produtos hidroxilados 1a (10%) e 1b (6%). E a biotransformação da progesterona 2 pelo fungo P. oxalicum CBMAI 1185 permitiu a obtenção dos compostos testololactona 2a (26%), 12β-hidroxiandrostenediona 2b (17%) e 1β-hidroxiandrostenediona 2c (8%). Os ensaios citotóxicos com os compostos 2, 2a e 2b revelaram que a progesterona 2 na concentração de 10 µM manteve a viabilidade celular abaixo de 80%, com destaque para os ensaios empregando as células tumorais MIA PaCa-2 (pâncreas) e PC-3 (próstata) e não tumoral PNT-2 (próstata). E quando avaliada na concentração de 100 µM, a progesterona 2 ocasionou a morte de cerca de 80% das células tumorais MIA PaCa-2 e PC-3. O capítulo 2 descreve a obtenção dos β-ceto-1,2,3-triazois 12-21 através da Click Reaction entre as cetoazidas 2a-11a e o etinilestradiol 1. Além disso, apresenta os ensaios citotóxicos com os β-ceto-1,2,3-triazois 12-21 frente às células tumorais e não tumoral e a determinação da Concentração Mínima Inibitória (MIC) desses compostos em relação a microrganismos patógenos. Os ensaios revelaram que os compostos 12-17 apresentaram baixa citotoxicidade frente às células tumorais MCF-7 (adenocarcinoma de mama humano) e HePG2 (carcinoma hepatocelular humano), assim como, apresentaram baixa atividade de inibição contra os patógenos, Escherichia coli ATCC 8739, Staphylococcus aureus ATCC 25923, Pseudomonas aeruginosa ATCC 9027 e Candida albicans ATCC 10231. Este estudo é uma contribuição para a área de Química Orgânica podendo contribuir para pesquisas futuras relacionadas à biotransformação e a semi-síntese de compostos esteroidais.
Título em inglês
Biotransformation of steroids by marine-derived fungi and semi-synthesis of β-keto-1,2,3-triazole derivatives from ethinylestradiol
Palavras-chave em inglês
β-keto-1,2,3-triazoles
biotransformation
semi-synthesis
steroids
Resumo em inglês
Chapter 1 presents the study of the biotransformation of ethinylestradiol 1, progesterone 2 and estrone 3 by marine-derived fungi. Twelve strains of marine-derived fungi were evaluated for biotransformation of ethinylestradiol 1 and progesterone 2, as well as two strains of fungi, Penicillium oxalicum CBMAI 1185 and Penicillium oxalicum CBMAI 1996, were evaluated for biotransformation of estrone 3. From the biotransformation of ethinylestradiol 1 by P. oxalicum CBMAI 1996, two hydroxylated products 1a (10%) and 1b (6%) were obtained. The biotransformation of progesterone 2 by the fungus P. oxalicum CBMAI 1185 allowed to obtain the compounds testololactone 2a (26%), 12β-hydroxyandrostenedione 2b (17%) and 1β-hydroxyandrostenedione 2c (8%). Cytotoxic assays with the compounds 2, 2a and 2b revealed that progesterone 2 in the concentration of 10 µM maintained cell viability below 80%, with emphasis on the assays using tumor cells MIA PaCa-2 (pancreas) and PC-3 (prostate), and non-tumor PNT-2 (prostate). When evaluated in the concentration of 100 µM, progesterone 2 caused the death of approximately 80% of tumor cells MIA PaCa-2 and PC-3. Chapter 2 describes the obtainment of β-keto-1,2,3-triazoles 12-21 through the Click Reaction between ketoazides 2a-11a and ethinylestradiol 1. Furthermore, it presents the cytotoxic assays with β-keto-1,2,3-triazoles 12-21 against tumor and non-tumor cells and the determination of the minimum inhibitory concentration (MIC) of these compounds in relation to pathogenic microorganisms. Biological assays revealed that the compounds 12-17 showed low cytotoxicity against tumor cells MCF-7 (human breast adenocarcinoma) and HePG2 (human hepatocellular carcinoma), as well as presenting low inhibition activity against the evaluated pathogens, Escherichia coli ATCC 8739, Staphylococcus aureus ATCC 25923, Pseudomonas aeruginosa ATCC 9027 and Candida albicans ATCC 10231. This study is a contribution to the field of Organic Chemistry and may contribute to future research related to biotransformation and semi-synthesis of steroidal compounds.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-05-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.