• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.75.2009.tde-11032010-111128
Documento
Autor
Nome completo
Maitê Golinelli Vanella Pedroso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2009
Orientador
Banca examinadora
Plepis, Ana Maria de Guzzi (Presidente)
Parizotto, Nivaldo Antonio
Paula, Marcio de
Título em português
Estudo comparativo de colágeno hidrolisado e comercial com adição de PVA
Palavras-chave em português
Colágeno
PVA
Reologia
Resumo em português
O desenvolvimento de novos materiais tem sido baseado na mistura de dois ou mais polímeros ou biopolímeros, onde soluções destes são misturadas em diferentes proporções na tentativa de se obter materiais com propriedades distintas das de seus precursores. Neste trabalho foram analisadas blendas colágeno:PVA. O colágeno utilizado foi o tipo I, porem proveniente de duas formas diferentes, o colágeno comercial que foi cedido pela Novaprom Food Ingredients Ltda e o colágeno obtido a partir de tendão bovino por meio de hidrólise alcalina em diferentes tempos (24h e 96h). As blendas e os colágenos foram caracterizados por análise térmica (DTG e DSC), microscopia eletrônica de varredura (MEV), espectroscopia de absorção no infravermelho (FT-IR) e analises reológicas. As curvas DSC mostraram que o colágeno comercial é o de maior temperatura de desnaturação e que a adição de PVA não altera essa temperatura. Já as curvas TG mostraram que o PVA, seja qual for sua massa molecular, aumenta a estabilidade térmica do colágeno. A microscopia eletrônica mostrou que os colágenos com tratamento alcalino apresentam uma estrutura fibrilar e pouco desorganizada, enquanto o colágeno comercial apresenta uma estrutura uma pouco mais compacta. Através do FT-IR foi possível observar que a presença de PVA nas blendas não influencia na presença dos picos, sugerindo que não há interação química entre os mesmos. A análise reológica permitiu comparar os módulos elástico (G') e viscoso (G") dos géis em diferentes proporções, tendo todos eles valores de G' maior do que G", ou seja, podemos concluir que os materiais são mais elásticos do que viscosos. Observa-se também a influência na viscosidade dos géis com a adição de PVA ao mesmo, sendo a viscosidade maior com o aumento da massa de PVA adicionado.
Título em inglês
Comparative study of commercial and anionic collagen blended with PVA
Palavras-chave em inglês
Collagen
PVA
Rheology
Resumo em inglês
The development of new materials has been based on the mix of two or more polymers or biopolymers where solutions are mixed in different portions trying to get materials with distinct properties from their precursors. In this work different collagen solutions and collagen-PVA blends were analyzed. The used collagen was the type I, however obtained from two different forms, the commercial collagen that was provided by Novaprom Food Ingredients Ltda and the collagen obtained from bovine tendon by alkaline hydrolysis in different times (24h and 96h). The blends and collagen were characterized by thermal analysis (DTG and DSC), electronic scan microscopy (ESM), infrared absorption spectroscopy (FT-IR) and rheological analysis. DSC curves showed that the commercial collagen has the highest denaturing temperature and that the addition of PVA does not change this temperature. In other hand, TG curves showed that PVA, in any given molecular weight, increases collagen thermal stability. Electronic microscopy shows that collagen with alkali treatment have a fibrillar and little disorganized structure, insofar, the commercial collagen have a little more compact structure. By FT-IR it was to possible observe that the presence of PVA on blends have no influence on the peaks, suggesting that there is no chemical interaction between then. Rheological analysis allow to compare the elastic module (G') and the viscous module (G'') from blends in different proportions. All the obtained values for G' are higher than G'', so it can be conclude that samples are more elastic than viscous.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-08-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.