• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.71.2013.tde-11042013-142930
Documento
Autor
Nome completo
Danilo Andrade Tabone
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Hirata, Elaine Farias Veloso (Presidente)
Ramazzina, Adriana Anselmi
Passos, Maria Cristina Nicolau Kormikiari
Título em português
Paisagem sagrada e paisagem política: os espaços sagrados de Gela, Sicília - séculos VII-III a.C.
Palavras-chave em português
Arqueologia da Paisagem
Espaços sagrados
Gela
Grécia Antiga
Resumo em português
A partir de sua fundação em 689/8 a.C. Gela, pólis siciliana, iniciou a ocupação do território (a khóra) ao redor da área urbana (a ásty). No século VI a.C. essa ocupação atingiu seu ápice, extendendo-se pelos vales dos rios Salso, Gelas-Maroglio e Dirillo e pela região montanhosa a norte da planície de Gela, quando entraram em contato tanto com os nativos quanto com outros gregos estabelecidos nas regiões de fronteiras. Nota-se a relação entre a definição desse território que os gelenses procuraram ocupar - com intenções de uso agrário - e a fundação de santuários, fato que se percebe em diversas pólis gregas tanto balcânicas quanto coloniais, mas que se mostra com muito mais clareza nas apoikias, e com especial ênfase em Gela. Assim como é notável a relação entre esses santuários e a vida política gelense. É sobre esse processo de definição política do território através do domínio religioso representado pelos espaços sagrados, assim como sobre os modos de contato e transformação das sociedades que se procurará trabalhar.
Título em inglês
Sacred and Power Landscapes: the sacred spaces of Gela, Sicily - VII-III century B.C.
Palavras-chave em inglês
Ancient Greece
Gela
Landscape Archaeology
Sacred Spaces.
Resumo em inglês
From this founding in 689/8 B.C. Gela, a sicilian polis, began the occupation of their territory - the khóra - around the urban center - the ásty. In the sixth century B.C. this occupation reached its maximum, extending through the valleys of the rivers Salso, Gelas-Maroglio and Dirillo, and through the montainous region north the Geloan Plain; when in contacted whith natives populations and with other Greeks established in the frontiers. It is remarkable the relationship between the definition of this territory that the geloans sought to occupy - with intentions of agrarian use - and the founding of sanctuaries. What we see in various balkan and colonial poleis, but that much more visible in the apoikias, Gela especially. As is noteworthy the relationship between these sanctuaries and the geloan political life. Is about this process of political definition of the territory through the religious domain represented by the sacred spaces, as well as on the modes of contact and transformation of societies that seek to discuss.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.