• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.7.2018.tde-01112018-144132
Documento
Autor
Nombre completo
Alessandra Carvalho dos Santos da Silva
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2017
Director
Tribunal
Maeda, Sayuri Tanaka (Presidente)
Gryschek, Anna Luiza de Fatima Pinho Lins
Oliveira, Alfredo Almeida Pina de
Tibério, Iolanda de Fátima Lopes Calvo
Título en portugués
Capacitação ativa para o atendimento de parada cardiorrespiratória: uma adaptação da metodologia OSCE
Palabras clave en portugués
Aprendizagem por associação
Atenção primária à saúde
Capacitação em serviço
Desenvolvimento pessoal
Enfermagem
Resumen en portugués
Esta pesquisa apresenta um modelo de capacitação para o atendimento de parada cardiorrespiratória a partir de uma abordagem qualitativa com foco na prática pedagógica envolvida nesse processo. Os objetivos específicos foram: aplicar o método Objective Structured Clinical Examination (OSCE)adaptado para o atendimento de parada cardiorrespiratória, elaborar uma metodologia para a capacitação dos profissionais para o atendimento de parada cardiorrespiratória e analisar os mediadores pedagógicos aplicados no processo capacitação. A pesquisa foi realizada em uma Assistência Médica Ambulatorial Integrada, localizada na Região Leste do Município de São Paulo. Estimou-se que a capacitação ocorreria no centro de treinamento e no espaço dos participantes, o que demandou o reconhecimento antecipado do campo e articulações junto à Supervisão Técnica de Saúde. A organização dos materiais didáticos envolveu a parceria com um instrutor credenciado pela American Heart Association, além da elaboração e aplicação da metodologia OSCE adaptada para o processo de aprendizagem. Os sujeitos da pesquisa foram oito participantes voluntários, do turno da manhã e da tarde, integrantes da equipe de enfermagem da unidade. Procedeu-se uma capacitação em três etapas: a primeira constitui-se uma aula teórico-prática em atendimento à parada cardiorrespiratória no centro de treinamento. A segunda foi uma simulação de um caso clínico de parada cardiorrespiratória na sala de classificação de risco, envolvendo uma atriz e os sujeitos da pesquisa, seguido de um atendimento na sala de emergência utilizando um manequim e aplicando todos os procedimentos recomendados. Na terceira etapa foi realizada uma entrevista semiestruturada norteado por perguntas disparadoras. As cenas foram captadas por meio de gravação de imagens e de áudio na segunda etapas, a fim de promover um feedback aos participantes. Ao término dessa construção, procedeu-se à entrevista com roteiro semiestruturado individualmente, de forma a conhecer as dificuldades e facilidades vivenciadas pelos participantes e, simultaneamente, analisar a aplicabilidade da metodologia proposta. Quanto aos dados da entrevista, realizou-se a escuta, transcrição e sistematização em categorias por meio da técnica de análise de conteúdo. Os fundamentos teóricos e pedagógicos propostos por Robert Harden (1975), Paulo Freire (2014) e Edgar Morin (2003), nortearam a discussão dos resultados em duas categorias analíticas: mediação pedagógica no processo de capacitação e aprendizado no ambiente de trabalho como forma de produção. O resultado foi uma associação de três fases operacionais. A primeira fase de fundamento teórico-prático foi caracterizada pela interação proativa. A segunda fase de simulação com uma paciente-atriz, os participantes foram ativos no atendimento, entretanto os sinais de agravo clínico provocaram comportamento de apreensão, rapidamente superado. Houve uma pequena disfunção no acesso aos materiais, porém a equipe demonstrou equilíbrio, fito às manobras de ressuscitação realizando os procedimentos com sucesso. A terceira etapa foi a entrevista semiestruturada, resultando em uma súmula de pertinência pedagógica e metodológica para a transformação da prática. Cabe ressaltar que o conjunto da metodologia favoreceu a co-construção do sentido da aprendizagem e da reflexão crítica como base da transformação. Em síntese, foi possível concretizar a elaboração de um modelo de capacitação e comprovar sua aplicabilidade na prática do atendimento à parada cardiorrespiratória.
Título en inglés
Active training for cardiorespiratory arrest care: an adaptation of the OSCE methodology
Palabras clave en inglés
In-service training
Learning by association
Nursing
Personal development
Primary health care
Resumen en inglés
This research presents a training model for cardiorespiratory arrest care based on a qualitative approach focused on the pedagogical practice involved in this process. The specific goals were: to apply the Objective Structured Clinical Examination (OSCE) method - adapted for cardiorespiratory arrest attendance, to create a professionals' qualification methodology for cardiorespiratory arrest attendance and to analyze the pedagogical mediators applied in the training process. The research was carried out in an Integrated Ambulatory Medical Assistance, located in Sao Paulo's eastern area. It was stipulated that the training would take place at the training center and the participants environment, which required field early recognition and articulation with the Technical Health Supervision. The teaching supplies organization involved the partnership with an American Heart Association accredited instructor, besides the use of OSCE - adapted methodology for the learning process. The research subjects were eight volunteers, from morning and afternoon shifts, members of the unit's nursing team. A training was carried out in three stages: the first one constituted of a theoretical / practical class in cardiorespiratory arrest attendance at the training center. The second stage was a simulation of a clinical case of cardiorespiratory arrest at the risk classification room, people involved were an actress and the subjects of the research, followed by emergency room care using a mannequin and following all recommended procedures. In the third stage a semi-structured interview was conducted guided by triggering questions. The scenes were captured through recording of images and audio in the second stage, in order to provide feedback to participants. At the end of the training an individual semi-structured interview was conducted, in order to understand the difficulties and facilities experienced by the participants and simultaneously analyze the applicability of the proposed methodology. Regarding to interview data, listening and transcription and systematization were performed in categories through the technique of content analysis. The theoretical and pedagogical foundations proposed by Robert Harden (1975), Paulo Freire (2014) and Edgar Morin (2003) guided the results discussion in two analytical categories: training process pedagogical mediation and learning at work environment as a way of production. The result was an association of three operational phases. The first phase of theoreticalpractical foundation was characterized by proactive interaction. The second fase de simulation with a patient-actress, the participants were active in the attendance however the signs of clinical injury caused apprehension behavior, quickly overcome. There was a small dysfunction in the access to the materials, however the team demonstrated balance, aiming at resuscitation maneuvers performing the procedures successfully. The third step was the semistructured interview, resulting in a summary of pedagogical and methodological relevance for the transformation of the practice. It should be emphasized that the whole methodology favored the co-construction of the meaning of learning and critical reflection as the basis of transformation. In summary, it was possible to accomplish the elaboration of a training model and to prove its applicability in the practice of cardiorespiratory arrest attendance.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2018-11-21
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.