• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.7.2010.tde-13072010-081806
Documento
Autor
Nombre completo
Estela Maura Padilha
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2010
Director
Tribunal
Fujimori, Elizabeth (Presidente)
Jaime, Patrícia Constante
Lira, Pedro Israel Cabral de
Título en portugués
Perfil epidemiológico do beribéri notificado de 2006 a 2008 no estado do Maranhão, Brasil e as ações de enfrentamento
Palabras clave en portugués
Doenças nutricionais e metabólicas
Epidemiologia descritiva
Vitaminas
Resumen en portugués
Introdução: Beribéri é uma doença causada pela deficiência de tiamina (vitamina B1) que, apesar de facilmente tratável, pode levar a óbito. Há pelo menos setenta anos não se tinha referência de surtos de beribéri no Brasil. Objetivo: Descrever o perfil epidemiológico dos casos de beribéri e óbitos notificados no Estado do Maranhão. Método: Estudo descritivo-retrospectivo que analisou 1.207 casos notificados de beribéri e 40 óbitos ocorridos no Maranhão no período de 2006 a 2008. As informações foram obtidas do banco de dados da Vigilância Epidemiológica e fichas de notificação. Resultados: Os casos distribuíram-se em 434 (36,0%) em 2006, 551 (45,6%) em 2007 e 222 (18,4%) em 2008. Afetou dois terços das Unidades Regionais de Saúde e 26,3% dos municípios localizados nas regiões centro-oeste, noroeste e sudoeste do Estado. As notificações foram maiores nos meses de março a agosto, com pico em junho. O coeficiente de incidência no período foi de 4,32/10.000 hab. Homens foram mais acometidos (81,9%), com concentração de casos na faixa etária de 20-40 anos (57,0%). Predominou a ocorrência do beribéri seco (84,6%) e o tempo decorrido entre os primeiros sintomas e a notificação foi inferior a três meses para dois terços dos casos. A hospitalização ocorreu para 50% dos casos em 2006, 30% em 2007 e 15% em 2008. O consumo de álcool foi referido por 53,2% dos acometidos em 2006, com proporção discretamente menor nos anos subseqüentes, e o hábito de fumar por cerca de um terço dos acometidos. Sintomas mais comuns foram: diminuição da força, dormência e edema das pernas, dificuldade para caminhar e dor na panturrilha. Em relação à escolaridade, constatou-se que mais da metade (57,2%) tinha quatro anos ou menos de estudo, dois terços (66,2%) desempenhava atividade laboral pesada e 72,9% tinham renda familiar inferior a um salário mínimo. Foram registrados 40 óbitos (3,3% do total de casos notificados) apenas em 2006, concentrados no mês de junho (61,9%) e distribuídos em 21 municípios (9,7%). A taxa de mortalidade para o Estado foi de 0,45/10.000 hab. Praticamente a totalidade dos óbitos ocorreu no sexo masculino (97,5%), sendo 72,5% na faixa etária de 20-30 anos. Para dois terços, o tempo decorrido entre os primeiros sintomas e a notificação foi inferior a três meses e a hospitalização ocorreu para 42,5%. Hábito de consumir álcool e fumar foi elevado entre aqueles que foram a óbito, 75,0% e 66,7%, respectivamente. Conclusão: O estudo se destaca por abranger análise de todas as notificações de beribéri do estado do Maranhão. Constatou-se que os casos e óbitos apresentaram distribuição espacial e temporal relacionado à realidade do estado. A ausência de óbitos em 2007 e 2008 e redução dos casos em 2008 sugerem efeitos positivos das ações de enfretamento governamentais implementadas. Esta avaliação descritiva é importante para nortear as atividades e áreas a serem priorizadas no planejamento das ações de combate, tanto no nível central (federal, estadual e municipal), como para os profissionais da atenção básica e especializada, no direcionamento de suas práticas. Os resultados contribuem também para o delineamento de outras pesquisas que possam auxiliar no estudo da determinação do beribéri no Brasil.
Título en inglés
Epidemiological profile of beriberi reported from 2006 to 2008 in the State of Maranhão, Brazil and its preventing and controlling strategies
Palabras clave en inglés
Descriptive epidemiology
Nutritional and metabolic diseases
Vitamins
Resumen en inglés
Introduction: Beriberi is a disease caused by a deficiency of thiamine (vitamin B1) which, although easily treatable, may lead to death. There had been no register of beriberi outbreaks in Brazil for at least seventy years. Objective: To describe the epidemiological profile of reported beriberi cases in the State of Maranhão. Method: A descriptive retrospective study of 1,207 reported beriberi cases and 40 deaths in the State of Maranhão from 2006 to 2008. The information was obtained from the database of Epidemiological Surveillance and the reporting forms. Results: The cases were distributed in 434 (36.0%) in 2006, 551 (45.6%) in 2007 and 222 (18.4%) in 2008. It affected two thirds of the Regional Health Units and 26.3% of the municipalities located in the Central-Western, Northwestern and Southwestern of the State. The notifications were higher in the months from March to August, peaking in June. The incidence rate in the period was 4.32 / 10,000 inhabitants. Men were more affected (81.9%), with more concentration of cases in the age group 20-40 years (57.0%). Dry beriberi was predominant (84.6%) and the elapsed time between first symptoms and reporting was less than three months in two thirds of cases. Hospitalization occurred for 50.0% of cases in 2006, 30.0% in 2007 and 15.0% in 2008. Alcohol consumption was reported by 53.2% of patients in 2006 and slightly lower proportion in subsequent years, and smoking was reported for about one-third of patients. Main symptoms were loss of strength, numbness and swelling of the legs, difficulty in walking and calf pain. Regarding education it was found that more than half (57.2%) had four or fewer years of study, two thirds (66.2%) performed heavy labor activity and 72.9% had a family income lower than minimum wage. Forty deaths were recorded (3.3% of all reported cases) only in 2006, concentrated in the month of June (61.9%) and distributed in 21 municipalities (9.7%). The mortality rate for the State was 0.45 per 10,000 inhabitants. Almost all the deaths occurred in males (97.5%), and 72.5% aged 20-30 years. For two-thirds of the patients who died, the elapsed time between first symptoms and reporting was less than three months and hospitalization occurred in 42.5%. Alcohol consumption and smoking were higher among those who died, 75.0% and 66.7% respectively. Conclusion: This study stands out for including analysis of all reported beriberi cases in the State of Maranhão. It was found that cases and deaths showed spatial and temporal distribution related to the social reality of the State. The absence of deaths in 2007 and 2008 and reduction of cases in 2008 suggest positive effects of the implemented governmental actions. This descriptive evaluation is important to guide the activities and areas to be prioritized in the planning of actions at the central level (federal, state and municipal), as well as for guiding the practice of primary and specialized healthcare professionals. The results also contribute to the design of other research that may support the study of beriberi in Brazil.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Estela_Padilha.pdf (2.40 Mbytes)
Fecha de Publicación
2010-07-13
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.