• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2009.tde-11012010-144810
Documento
Autor
Nome completo
Maria Cristina Pauli da Rocha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Rossato, Lisabelle Mariano (Presidente)
Bousso, Regina Szylit
Leite, Adriana Moraes
Título em português
A experiência da enfermeira de unidade de terapia intensiva neonatal na utilização de instrumentos de avaliação da dor em neonatos
Palavras-chave em português
Dor
Enfermagem neonatal
Instrumento de avaliação da dor
Neonato
Unidade de Terapia Intensiva Neonatal
Resumo em português
A dor pode causar prejuízos ao neonato a curto, médio e longo prazo. Nesse contexto, é preciso que os profissionais das unidades de terapia intensiva neonatal implementem ações para minimizar a dor e o sofrimento do neonato, dentre elas, o reconhecimento da dor por sua avaliação. Os objetivos do estudo foram conhecer a experiência da enfermeira na utilização de instrumentos de avaliação da dor do neonato e identificar as facilidades e dificuldades encontradas pela enfermeira no uso desses instrumentos. É uma pesquisa qualitativa, seus dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas, no total nove enfermeiras participantes. A orientação metodológica apoiou-se no Discurso do Sujeito Coletivo na organização dos dados, cujo agrupamento das Ideias Centrais similares originou os Discursos do Sujeito Coletivo que foram reunidos em dois temas: Dificuldades encontradas pela enfermeira na avaliação da dor em neonatos e Facilidades encontradas pela enfermeira na avaliação da dor em neonatos, que emergiram apoiados nas respostas da enfermeira que experienciou o uso do instrumento na avaliação de dor em neonatos. A impossibilidade do uso do instrumento é fato predominante na prática da enfermeira quando os neonatos estão sedados ou apresentam disfunções neurológicas. O acúmulo de atividades dispensadas à enfermeira somado ao déficit de recursos humanos, também, são razões verificadas como dificultadoras no uso do instrumento de avaliação. Nos relatos da enfermeira, observou-se que a falta de domínio nas situações em que o médico não prescreve o analgésico, apenas medidas não farmacológicas são insuficientes para o alívio da dor do neonato. O fato foi marcado por um sentimento de falta de autonomia da enfermeira bastante evidente. Notou-se, também, uma serie de dificuldades no uso do instrumento e na avaliação da dor do neonato, embora o instrumento facilite no sentido de alertar a equipe de saúde para a dor e possa gerar mudança no cuidado com o emprego de medidas não farmacológicas que busquem o conforto, diminuição da dor e do estresse do neonato
Título em inglês
The nurse´s experience at the Neonate Intensive Care Unit while using tools to measure neonates´ pain
Palavras-chave em inglês
Intensive care neonatal
Neonatal nursing
Newborn
Pain
Pain measurement tool
Resumo em inglês
Pain is known to cause damage to neonates at short, middle and long term. In this context, it is mandatory that the health care professional that work at Neonatal Intensive Care Units implement suitable actions to minimize the neonates suffering. Among these actions, recognizing pain by means of its measurement is crucial. Therefore, the present study aimed to know the nurses experience while using tools to measure the neonates pain and to identity the nurses facilities and difficulties in using tools to measure the neonates pain. This is a qualitative research project whose data were collected by means of semi-structured interviews with nine nurses. The Discourse of the Collective Subject was used as the methodological framework to collect data. Grouping similar Main Ideas produced the themes of the Discourse of the Collective Subject. Thus, results are presented in two themes: Nurses difficulties to measure pain in neonates and nurses facilities to measure pain in neonates composed by the discourse of the collective subject which emerged from the answers provided by the nurses who used the tool to measure pain in neonates. The nurses reports show that the tool facilitates the care of neonates in pain. However, the impossibility to use the tool in certain situations, such as when the neonate is sedated or when he/she has neurological disorders seems to be regular occurrence in the nurses practice. Frequently, the nurses expectations to relieve the neonates pain are frustrated, because nurse applies the measurement tool, she detects the neonates pain but she depends on the doctors prescription for analgesic pharmacological drug. Its a result the nurse feels she doesnt have autonomy this producing frustration. Although the tool easier to alert the health care team for pain and can produce changes in care with the use of non pharmacological measures that seek comfort, reducing pain and stress of the newborn
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-01-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.