• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.7.2020.tde-24022021-153819
Documento
Autor
Nombre completo
Neurilene Batista de Oliveira
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2020
Director
Tribunal
Peres, Heloisa Helena Ciqueto (Presidente)
Butcher, Rita de Cassia Gengo e Silva
Jensen, Rodrigo
Lima, Antonio Fernandes Costa
Linch, Graciele Fernanda da Costa
Sousa, Paulino Artur Ferreira de
Título en portugués
Avaliação de usabilidade de sistema de apoio à decisão clínica do processo de enfermagem
Palabras clave en portugués
Avaliação de Tecnologias de Saúde
Informática em Enfermagem
Processo de Enfermagem
Registro Eletrônico em Saúde
Sistemas de Apoio a Decisões Clínicas
Terminologia Padronizada em Enfermagem
Resumen en portugués
Introdução: A maioria dos países do mundo está implantando o Registro Eletrônico em Saúde como uma das iniciativas mais importantes em sua política de assistência à saúde, na perspectiva de obter atendimento seguro e de qualidade. No entanto, problemas de usabilidade podem afetar a eficácia, a eficiência e a satisfação do usuário. Objetivo: avaliar a usabilidade de um Sistema de Apoio à Decisão Clínica para documentar o Processo de Enfermagem. Método: estudo quantitativo, desenvolvido em três etapas. A primeira etapa configurou o delineamento quase- experimental, do tipo antes de depois, comparando a qualidade de 81 registros de enfermagem da Versão I do sistema (pré-intervenção) com 58 registros da versão II (pós-intervenção). O instrumento utilizado foi o Quality of Diagnoses, Interventions and Outcomes Q-DIO Versão Brasileira, que possui quatro domínios e escore máximo de 58 pontos. As intervenções consistiram em planejamento e implantação piloto da versão II do sistema, treinamento e acompanhamento dos usuários. A segunda etapa correspondeu à avaliação da eficiência por meio da mensuração do tempo despendido pelo enfermeiro para documentar a Avaliação de Enfermagem e à correlação com os itens da avaliação. Na terceira etapa, foi medida a satisfação dos usuários na utilização da versão II do sistema por meio do questionário Software Usability Measurement Inventory SUMI, cujas escalas possuem escores padronizados com referência a uma média populacional de 50 pontos. Os escores das escalas SUMI foram computados e analisados no software SUMISCO. Os demais dados foram analisados no software R, utilizando estatística descritiva e inferencial. A coleta de dados das três etapas ocorreu entre janeiro de 2019 e janeiro de 2020. Resultados: A média obtida na aplicação do Q-DIO foi 38,24 pontos na versão I e 46,35 pontos na versão II. Houve evidências de diferença estatística entre as médias dos grupos pré e pós-intervenção (valor-p menor que 0,001) e diminuição dos itens não documentados nos quatro domínios avaliados. O tempo médio despendido pelo enfermeiro para documentar a Avaliação de Enfermagem foi de 12,5 minutos, desvio padrão de 11,2 minutos e mediana de 8,9 minutos. A média dos enfermeiros nas escalas SUMI foram: Eficiência 59,58, Satisfação 56,83, Utilidade 55,92, Controle 44,80, Aprendizagem 55,75 e Usabilidade Global 56,00. A média dos técnicos de enfermagem foram: Eficiência 60,42, Satisfação 62,58, Utilidade 60,84, Controle 54,47, Aprendizagem 65,79 e Usabilidade Global 60,68. Conclusões: a qualidade da documentação na versão II do sistema foi superior à versão I. A eficácia do sistema para documentar o Processo de Enfermagem e a efetividade das intervenções foram comprovadas. A avaliação da eficiência identificou o tempo despendido para documentar a Avaliação de Enfermagem. A média na maioria das escalas SUMI ficaram acima do banco de dados de referência internacional, exceto na escala Controle que ficou abaixo do valor médio na avaliação dos enfermeiros. Apontados problemas de usabilidade que podem impactar negativamente na experiência do usuário. Este estudo contribui para a prática clínica, auditoria de qualidade da documentação, visibilidade da enfermagem enquanto ciência do cuidado, desenvolvimento e implementação de sistemas de apoio à decisão clínica funcionais, interativos e amigáveis.
Título en inglés
Usability Evaluation Nursing Process-Clinical Decision Support System
Palabras clave en inglés
Decision Support System Clinical
Electronic Health Records
Nursing Informatics
Nursing Process
Standardized Nursing Terminology
Technology Assessment Biomedical
Resumen en inglés
Introduction: most countries in the world have been implementing the Electronic Health Record as one of the most important initiatives of their health care policy, with a view to obtaining safe and quality care. However, usability issues can affect the effectiveness, efficiency and users satisfaction. Objectives: assessing the usability of a Clinical Decision Support System used for Nursing Process documentation purposes. Method: quantitative study developed in three stages. The first stage comprised the adoption of a quasi-experimental design (of the before and after type) comparing the quality of 81 nursing records of Version I of the system (pre-intervention) with 58 records of version II (post-intervention). The instrument used was the Quality of Diagnoses, Interventions and Outcomes - Q-DIO Brazilian Version, which has four domains and a maximum score of 58 points. The interventions consisted of planning and pilot implementing the system version II, users training and monitoring. The second stage comprised efficiency analysis based on the time spent by nurse to document the Nursing Assessment and the correlation with the assessment items. The third stage referred to users satisfaction assessment based on the Software Usability Measurement Inventory - SUMI questionnaire, whose scales have standardized scores with reference to a population average of 50 points. The scores of the SUMI scales were computed and analyzed using the SUMISCO software. The other data were analyzed using R software, and descriptive and inferential statistics. Data collection for the three stages took place between January 2019 and January 2020. Results: The average Q-DIO scores reached 38.24 points (in version I) and 46.35 points (in version II). There was evidence of statistical difference between the means of the pre and post- intervention groups (p-value less than 0.001) and a decrease in the undocumented items in the four domains evaluated. The mean time spent by nurse to document the assessment in the system was 12.5 minutes (standard deviation = 11.2 minutes and median = 8.9 minutes). Nurses recorded the following averages: Global Usability (56.00), Efficiency (59.58), Affect (56.83), Helpfulness (55.92), Control (44.80) and Learnability (55.75). Nursing technicians recorded the following averages: Global Usability (60.68), Efficiency (60.42), Affect (62.58), Helpfulness (60.84), Control (54.47) and Learnability (65.79). Conclusion: the quality of the documentation in version II of the system was superior to version I. The effective of the system to document the Nursing Process and the effectiveness of interventions were proven. The efficiency analysis identified the time spent to document the Nursing Assessment. The average recorded in most SUMI scales was higher than that of the international reference database, except for the Control scale, which recorded below-the-average value in the nurses evaluation. Usability issues pointed out may negatively affect the user experience. This study contributes to clinical practice, documentation quality audit, visibility of nursing as a science of care, development and implementation of functional, interactive and friendly support systems for clinical decision.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2021-03-09
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.