• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Doctoral Thesis
DOI
10.11606/T.7.2014.tde-21082014-110215
Document
Author
Full name
Andréa Rodrigues Passos
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
São Paulo, 2014
Supervisor
Committee
Kurcgant, Paulina (President)
Gaidzinski, Raquel Rapone
Massarollo, Maria Cristina Komatsu Braga
Rogenski, Noemi Marisa Brunet
Sampaio, Sueli Fátima
Title in Portuguese
Absenteísmo do pessoal de Enfermagem: percepções e ações de enfermeiros coordenadores de um hospital especializado
Keywords in Portuguese
Absenteísmo
Enfermagem
Hospital
Pessoal de enfermagem
Abstract in Portuguese
Introdução: O termo absenteísmo, palavra de origem francesa, absentéisme, significa pessoa que falta ao trabalho, ausência no serviço por diversos motivos, proposital ou por circunstâncias que não dependem da vontade do trabalhador. Objetivos: Identificar as taxas de absenteísmo, levantar as ações e decisões que os enfermeiros coordenadores adotam frente ao absenteísmo, e as ações de impacto positivo, realizadas frente ao absenteísmo. Método: Descritiva e exploratória adotando o Estudo de Caso desenvolvido em dois momentos: na abordagem quantitativa foram identificadas as taxas de absenteísmo do pessoal de enfermagem das unidades estudadas nos anos de 2010 e 2011. Na abordagem qualitativa, os dados foram coletados mediante a adoção das técnicas da Entrevista e do Grupo Focal. A análise dos dados quantitativos tomou como base a taxa de 6,7%, preconizada pela Resolução do Conselho Federal de Enfermagem 293/04 e dos qualitativos foi efetuada segundo a proposta da análise temática de Minayo. Resultados: Em 2010 e 2011, das 6 unidades que apresentaram as mais altas taxas de absenteísmo, três são Unidades de Terapia Intensiva. No entanto, foram evidenciadas, também, taxas elevadas em unidades como centrais de material esterilizado, ambulatório e internação. Dentre as unidades com as mais baixas taxas de absenteísmo, duas são de hemodiálise, uma unidade transfusional, um laboratório, uma de hematologia e um ambulatório clínico. A análise dos dados obtidos nas entrevistas possibilitou a construção das categorias temáticas e respectivas Unidade de Significado (US): Elementos constitutivos do absenteísmo com as US Característica de absenteísmo, Insatisfação no trabalho e Consequências do absenteísmo; Ações realizadas frente ao absenteísmo com as US Ações de caráter institucional e Ações de caráter profissional; Ações de impacto positivo frente ao absenteísmo com as US Ações de impacto positivo de caráter institucional e Ações de impacto positivo de caráter profissional. O Relatório Síntese resultante desta análise foi o elemento disparador do Grupo Focal que permitiu a elaboração das categorias Elementos constitutivos do absenteísmo com as U.S Características de absenteísmo e Consequências do absenteísmo e Ações de impacto positivo frente ao absenteísmo com as U.S Ações de impacto positivo de caráter institucional e Ações de impacto positivo de caráter profissional. Considerações finais: O presente estudo corrobora resultados de estudos que atribuem as mais altas taxas de absenteísmo às especificidades de algumas unidades, caracterizadas por maior exposição dos profissionais a desgastes físicos e mentais, como as unidades de tratamento intensivo, que atendem pacientes graves com alta dependência de cuidados. Grande parte dos motivos/causas do absenteísmo, não podem ser gerenciados, e principalmente resolvidos, pelos agentes de âmbito decisório das unidades de serviço. São realizados encaminhamentos para atendimento de problemas pessoais, no entanto, existem encaminhamentos de caráter institucional que precisam ser direcionados a agentes organizacionais com maior poder decisório e governabilidade.
Title in English
Nursing staff absenteeism: perceptions and actions of coordinator nurses at an specialized hospital
Keywords in English
Absenteeism
Hospital
Nursing
Nursing staff
Abstract in English
Absenteeism is a term of French origin absentéisme which means absence from work for a number of reasons, absenteeism rates were determined among nursing staff at the units studied between 2010 and 2011. Secondly, as a quality indicator of the nursing staff management at an oncology-specialized hospital. A descriptive and exploratory methodology was adopted for , at the qualitative approach level, at the quantitative approach level, data were collected through the employment of two techniques: interview and focus group. The analysis of qualitative data was carried out according to, dissatisfaction at work and consequences of absenteeism); Actions against absenteeism and the units of meaning (actions of institutional character and, either voluntary or due to circumstances beyond a workers own will. The objective of this study is to validate absenteeism, of the data obtained from interviews enabled the development of the following thematic categories and their respective units of meaning: Absenteeism c, under a given concrete situation
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2014-09-19
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
Centro de Informática de São Carlos
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2022. All rights reserved.