• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2013.tde-14082013-132011
Documento
Autor
Nome completo
Renata Santos Tito
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Baptista, Patricia Campos Pavan (Presidente)
Felli, Vanda Elisa Andres
Karino, Marcia Eiko
Título em português
Burnout e Transtornos Mentais Comuns nos trabalhadores de enfermagem que assistem crianças com cardiopatia grave
Palavras-chave em português
Equipe de enfermagem
Esgotamento profissional
Estresse psicológico
Hospitais públicos
Saúde do trabalhador
Unidade de terapia intensiva neonatal
Unidades de terapia intensiva pediátrica
Resumo em português
A influência das características laborais sobre a saúde mental dos trabalhadores pode decorrer de inúmeros fatores ou formas de organização do trabalho. Na atualidade, verifica-se os crescentes índices de sintomas psíquicos entre determinadas categorias profissionais, com destaque para os trabalhadores de saúde atuantes em ambiente hospitalar Objetivo: Este estudo objetivou identificar a ocorrência de Transtornos Mentais Comuns (TMC), a ocorrência da síndrome de Burnout, e a associação de ambos os transtornos nos trabalhadores de enfermagem, bem como elaborar propostas de intervenção para redução do desgaste psíquico. Metodologia: Trata-se de um estudo exploratório, transversal com abordagem quanti-qualitativa. A pesquisa foi realizada em Hospital Público Universitário especializado em cardiologia, pneumologia e cirurgias cardíacas e torácicas. A amostra foi composta por trabalhadores de enfermagem que atuam em unidades de terapia semi-intensiva e intensiva pediátrica e neonatal, perfazendo um total de 92 participantes. Para a coleta de dados quantitativos foram utilizados: instrumento de caracterização sócio demográfica, Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20), e o Maslach Burnout Inventory (MIB). Para os dados qualitativos, optou-se pela técnica de grupo focal, conduzido por questões norteadoras, com uma amostra de 17 trabalhadores de enfermagem. O período de coleta foi nos meses de junho e julho de 2012. Resultados: A análise dos resultados evidenciou a ocorrência de TMC em 44,60%(41) dos trabalhadores e a ocorrência de Burnout em 8,7%(8) trabalhadores. Houve associação estatística entre os TMC e o Burnout p=0,003, considerando nível de significância de 5%. Em relação aos TMC, as respostas dos trabalhadores foram distribuídas de acordo com os quatro grupos de sintomas avaliados pelo SRQ-20: Grupo somático, Decréscimo de energia vital, Humor depressivo-ansioso e Pensamentos depressivos. Em relação à sindrome de Burnout, os trabalhadores foram avaliados considerando-se a ocorrência de escores alto nas três dimensões (Desgaste Emocional, Despersonalização e Reduzida Realização Profissional) ou em uma delas apenas. Não foi constatada associação entre os transtornos e as variáveis sócio-demográficas. Houve associação entre ambos os transtornos. As sessões de grupo focal evidenciaram propostas de intervenção mediante três temas que emergiram das discussões: Aprender a lidar com a criança cardiopata grave, Receber o reconhecimento profissional e Repensar a gestão de pessoas. Conclusão: Os achados, em conjunto, evidenciam necessidade de medidas protetoras à saúde mental do trabalhador que assiste crianças cardiopatas graves. Palavras-chave: Estresse psicológico, Esgotamento profissional, Equipe de enfermagem, Hospitais públicos, Unidades de terapia intensiva pediátrica, Unidade de terapia intensiva neonatal, Saúde do trabalhador.
Título em inglês
Burnout and Common Mental Disorders among nursing staff who assist children with severe heart disease
Palavras-chave em inglês
Burnout
neonatal intensive care unit
Nursing staff
pediatric intensive care units
Psychological Stress
public hospitals
worker´s health.
Resumo em inglês
The influence of work characteristics on mental health workers may be due to numerous factors or forms of work organization. At present, there is the growing rates of psychiatric symptoms among certain professions, especially health workers working in hospitals Objective: This study aimed to identify the occurrence of Common Mental Disorders (CMD), the occurrence of Burnout, and the association of both disorders among nursing staff, as well as elaborate proposals for intervention to reduce wear psychic. Methodology This is an exploratory study, cross-sectional with quantitative and qualitative approach. The research was conducted in a public University Hospital specialized in cardiology, pulmonology, thoracic and cardiac surgery. The sample consisted of nursing workers of care units, semi-intensive and intensive, pediatric and neonatal, making a total of 92 participants. For quantitative data collection was used: instrument of socio demographic, Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20), and the Maslach Burnout Inventory (MIB). For qualitative data, we chose the technique of focal group, conducted by leading questions, with a sample of 17 nurse workers. The collection period was between June and July, 2012. Results The result of the analysis revealed the occurrence of CMD in 44.60% (41) of the workers and the occurrence of Burnout in 8.7% (8) of the workers. There was a statistical association between CMD and Burnout p = 0.003, considering level of significance 5%. Regarding CMD, the answer of the workers was distributed according to the four groups of prognostic evaluated by the SRQ-20: Somatic Group, Decrease of vital energy, Anxious-depressive humor and Depressive thoughts. Regarding Burnout syndrome, workers were evaluated considering the occurrence of high scores in all three dimensions (Emotional Exhaustion, Depersonalization, and Reduced Professional Accomplishment) or only in one of them. There was no association between the disorders and sociodemographic variables. There was an association between both disorders. The focal group sessions revealed proposals for intervention through three issues that emerged from the discussions: Learn to deal with severe heart disease children, professional acknowledgment and rethink people management. Conclusion: Findings, during the sessions, highlight the need for protective measures of mental health for workers who assist children with heart disease
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-08-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.