• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2013.tde-10092013-184153
Documento
Autor
Nome completo
Edvaldo Leal de Moraes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Massarollo, Maria Cristina Komatsu Braga (Presidente)
Mendes, Karina Dal Sasso
Merighi, Miriam Aparecida Barbosa
Roza, Bartira de Aguiar
Santos, Marcelo José dos
Título em português
Vivência de enfermeiros no processo de doação órgãos e tecidos para transplante
Palavras-chave em português
Enfermagem
Morte cerebral
Obtenção de tecidos e órgãos
Transplante de órgãos
Transplante de tecidos
Resumo em português
Introdução: a escassez de órgãos e tecidos continua sendo um dos maiores obstáculos para as equipes de transplantes em todos os países. Diante desse cenário, ressalta-se a importância do trabalho realizado pelos enfermeiros na viabilização de órgãos e tecidos para transplante. Objetivo: esta pesquisa teve como objetivo compreender o significado da ação de enfermeiros no processo de doação para viabilizar órgãos e tecidos para transplante. Método: optou-se por realizar uma pesquisa qualitativa, com a abordagem da fenomenologia social de Alfred Schutz. Os dados foram coletados entre setembro de 2011 e junho de 2012, por meio de entrevistas com as seguintes questões norteadoras: você poderia me contar sua experiência no processo de doação de órgãos e tecidos para transplante? O que você espera com sua atuação nesse processo? Como você considera que deve ser esse processo? Participaram do estudo dez enfermeiros com diferentes tempos de formação e atuação de três Serviços de Procura de Órgãos e Tecidos da cidade de São Paulo. Após a obtenção dos discursos, estes foram analisados individualmente, seguindo procedimentos organizados de modo sistemático, preconizados por pesquisadores da Fenomenologia Social. Resultados: o contexto do significado da ação dos enfermeiros no processo de doação foi desvelado, tendo como base a vivência desses profissionais nesse cenário, representado pelas categorias: obstáculos vivenciados, intervenções realizadas e contribuição do trabalho. A intencionalidade da ação para viabilizar órgãos e tecidos para transplante está descrita pelas categorias: mudar paradigmas, humanizar o processo de doação, ser reconhecido, aumentar a doação e salvar vidas. Para os enfermeiros participantes do estudo, o processo de doação é marcado por obstáculos nas diversas etapas e frente a essas dificuldades realizam intervenções para aperfeiçoar esse campo da saúde, reconhecendo a importância do trabalho no âmbito pessoal, profissional e social. Ao refletirem sobre seus atos, os enfermeiros percebem que seu papel como agentes de transformação é essencial, e as ações são projetadas com o intuito de mudar os paradigmas da equipe multidisciplinar, e a educação é utilizada, como um instrumento relevante na promoção de um novo modo de ver e pensar essa especialidade da área da saúde. Diante da possibilidade de mudança de atitude, esses atores sociais vislumbram a oportunidade de humanizar a assistência oferecida aos familiares do doador falecido e esperam ser reconhecidos como interlocutores, articuladores e facilitadores no processo de doação e transplante, intencionando com suas ações aumentar a doação e, com isso, salvar vidas. Considerações finais: o que se mostrou como típico na ação social dos enfermeiros, com base nos dados obtidos da vivência desses sujeitos, indicou caminhos para superar as barreiras no processo de doação e para a realização de futuras pesquisas, que possibilitarão a construção do conhecimento nesse campo da enfermagem.
Título em inglês
Experience of nurses in the donation process of organs and tissues for transplantation
Palavras-chave em inglês
Brain death
Nursing
Organ transplantation
Tissue and organ procurement
Tissue transplantation
Resumo em inglês
Introduction: the shortage of organs and tissues remains a major obstacles for transplant teams in all countries. Given this scenario, it emphasizes the work done by nurses in the viability of organs and tissues for transplantation. Objective: this research aimed to understand the significance of the nurses actions in the donation process for procuring organs and tissues for transplantation. Method: a qualitative research approach, with the social phenomenology of Alfred Schutz, was selected. Data was collected from September 2011 to June 2012, through interviews containing the following questions: could you tell me your experience in the process of donating organs and tissues for transplantation? What do you expect in your performance in this process? How do you think this process should be? Ten nurses participated in this study from different graduation timeframes and working at three Services for Procurement of Organs and Tissues in the city of São Paulo. After obtaining the statements, each was individually analyzed, following procedures systematically organized, and advocated by researchers of Social Phenomenology. Results: The context of the significance of the nurses actions in the donation process was revealed, based on the experience of these professionals, in this scenario, represented in categories: obstacles experienced, interventions and labor contribution. The intentionality of actions to procure organs and tissues for transplantation is described through the following categories: changing paradigms, humanizing the donation process, recognition, increasing donations and saving lives. For nurses participating in this study, the donation processes is marked by obstacles in the various stages and in order to face these difficulties, perform interventions to improve this field of health, recognizing the importance of their work in a personal, professional and social context. When reflecting on their actions, nurses perceive their role as agents of change and essential and therefore actions are designed to change the paradigms of the multidisciplinary team, and that education should be used as an important tool in promoting a new way of seeing and thinking for this healthcare specialty. Facing the possibility of attitude changes, these social actors envision an opportunity to humanize the assistance offered to the families of the deceased donor and expect to be recognized as speakers, organizers and facilitators in the process of donation and transplantation with the intention, through these actions, to establish a new way of increasing donations and thereby saving lives. Final Considerations: What proved to be typical in the social action of these nurses, derived from the data obtained about their experiences with this subject, indicated ways to overcome barriers in the donation process as well as indicated a necessity to conduct further research, to aid in the construction of a knowledge base in this particular field of nursing
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-09-16
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • SANTOS, M. J., MASSAROLLO, Maria Cristina Komatsu Braga, and MORAES, E. L. Entrevista familiar no processo de doação de órgãos e tecidos para transplante [doi:10.1590/s0103-21002012000500022]. Acta Paulista de Enfermagem [online], 2012, vol. 25, p. 788-794.
  • SANTOS, Marcelo José dos, Moraes EL, e MASSAROLLO, Maria Cristina Komatsu Braga. Comunicação de más notícias: dilemas éticos frente à situação de morte encefálica. O Mundo da Saúde (CUSC. Impresso), 2012, vol. 36, p. 34-40.
  • SANTOS, Marcelo José dos, Moraes EL, e MASSAROLLO, Maria Cristina Komatsu Braga. Cudados intensivos com o potencial doador de órgãos e tecidos para transplante. In Katia Grillo Padilha, et al. Enfermagem em UTI: cuidando do paciente crítixco. Organizador. Barueri-SP : Manole, 2010{Volume}, p. 1088-1102.http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7140/tde-10092013-184153/
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.