• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
10.11606/D.7.2013.tde-17092014-143626
Document
Author
Full name
Cassimiro Nogueira Junior
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
São Paulo, 2013
Supervisor
Committee
Lacerda, Rubia Aparecida (President)
Schout, Denise
Stempliuk, Valeska de Andrade
Title in Portuguese
Sistemas de informação sobre infecção relacionada à assistência à saúde (IRAS): delineando a realidade das regiões sudeste e sul do Brasil
Keywords in Portuguese
Controle de Infecções
Infecção Hospitalar
Sistemas de Informação
Vigilância da População
Abstract in Portuguese
Introdução: A formação de um sistema consistente de vigilância para gerar informação sobre infecções relacionadas à assistência à saúde (IRAS) é medida essencial para realizar um diagnóstico fidedigno de situação buscando formular estratégias de prevenção e controle deste fenômeno. No Brasil, diversas iniciativas em busca do desenvolvimento de um sistema eficiente e eficaz vêm se estabelecendo, algumas com merecido destaque; entretanto esta é uma realidade ainda desconhecida, o que pode gerar a constituição de redes desintegradas e individualizadas. Objetivo: O presente estudo objetiva caracterizar as regiões Sudeste e Sul do Brasil, as quais possuem a maior concentração de serviços de saúde, no que se refere ao sistema de informação de IRAS, reconhecendo estratégias definidas pelas Secretarias Estaduais de Saúde (SES) e discutindo os resultados à luz dos principais Sistemas de Informação de IRAS internacionais e referenciais teóricos sobre Sistemas de Informação. Metodologia: Estudo transversal, descritivo e exploratório, com abordagem quantitativa para diagnóstico de situação dos sistemas de informação sobre IRAS implantados pelas SES das regiões Sudeste e Sul do Brasil. Os dados foram coletados em websites do Governo Federal Brasileiro e por entrevistas com responsáveis pela Coordenação Estadual de Controle e Prevenção de IRAS e Resultados: Todos os Estados avaliados possuem algum tipo de sistema de informação sobre IRAS implantado. Estes sistemas apresentaram-se sobre três formas básicas: cadeia, círculo e roda. Apenas um Estado possui software próprio para notificação de dados em tempo real, os demais têm o seu sistema estruturado 9 por meio de planilhas eletrônicas ou documento impresso. Três Estados possuem legislação complementar que obriga esta notificação. A periodicidade de envio dos dados em parte dos Estados é mensal, porém existem outros em que esta notificação é semanal, trimestral ou mesmo semestral. Todos os Estados apontam o estabelecimento de processo educacional direcionado ao desenvolvimento deste sistema. A interface com o governo federal é realizada por todos os Estados por meio do formulário eletrônico FormSUS. Há também a participação do Município nesta interface de informações. Apenas dois Estados não realizam a retroalimentação de dados para os notificantes. Na formação destes sistemas existe uma tendência em seguir o modelo americano, entretanto o modelo europeu é o que mais se assemelha a realidade brasileira. As implantações destes sistemas são relativamente recentes, ocorridas na última década, sendo que todos apontam necessidade de melhorias. Conclusão: O presente estudo apresentou uma diversidade de fluxos e modos de obtenção de informações sobre IRAS, com o envolvimento de esferas dos governos federal, estadual e municipal. Embora se evidencie uma busca constante por melhorias nos Estados, a diversidade de formas e abrangência nos sistemas estaduais aponta para uma potencial dificuldade voltada a sua unificação no âmbito nacional
Title in English
Information systems related healthcare associated infections (HAI): outlining the reality of the southeast and south of Brazil
Keywords in English
Cross Infection
Infection Control
Information Systems
Population Surveillance
Abstract in English
Background: The formation of a consistent surveillance system for generating information about healthcare associated infections (HAI) is an essential measure to perform a reliable diagnosis of situation in order to formulate strategies for prevention and control of this phenomenon. In Brazil, several initiatives seeking the development an efficient and effective system are being established, some with deserved prominence; however this is a reality yet unknown, which can generate networking disintegrated and individualized. Objective: This study aims to characterize the Southeast and South of Brazil, which has the largest concentration of health services, with regard to the information system of HAI`s, recognizing strategies defined by State Health Departments and discussing the outcome based on the internationally acknowledged systems. Metodology: A cross-sectional study, exploratory and descriptive, with quantitative approach, for diagnostic status of HAI`s information systems deployed by State Health Departments from Southeast and South of Brazil. The data were collected in the Brazilian Federal Government websites and through interviews with Managers State responsible for the control and prevention of HAI. Results: All States measured have some kind of HAI`s information system deployed. These systems presented on three basic shapes: chain, wheel and circle. Only one State has its own software for data reporting in real time, others have their structured system through electronic spreadsheets or printed document. Three States have additional law obliging this notification. The frequency of data transmission in the States is monthly, but there are others in which this notification is weekly, 11 quarterly or semiannual. All States refer educational process directed to the development of this system. The interface with the Federal Government is held by all States through electronic form FormSUS. There is also the participation of the Municipality in this interface information. Only two States do not realize the feedback data to the notifiers. In the formation of these systems there is a tendency to follow the american model, however the european model is what most resembles the Brazilian reality. The implementation of these systems is relatively recent, occurring in the last decade, but everyone indicate the need for improvements. Conclusion: The present study showed a diversity of flows and ways of obtaining information about HAI, with the involvement of levels of federal, state and municipal government. Although if evidence of a constant search for improvements in all States, the diversity of forms and extent in state systems points to a potential difficulty directed its unification at the national level
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2014-09-24
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
Centro de Informática de São Carlos
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2022. All rights reserved.