• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2005.tde-30102006-095714
Documento
Autor
Nome completo
Osvaldo Hakio Takeda
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Stefanelli, Maguida Costa (Presidente)
Colvero, Luciana de Almeida
Greco, Francisco
Título em português
Contribuição da atividade física no tratamento do portador de transtorno mental grave e prolongado em Hospital-Dia.
Palavras-chave em português
Atividade física
Enfermagem psiquiátrica
Hospital-Dia
Reabilitação psicossocial
Saúde mental
Resumo em português
Tendo como meta a reabilitação psicossocial, o Centro de Reabilitação e Hospital-Dia do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (CRHD do IPqHCFMUSP) propicia aos pacientes uma gama variada de atividades terapêuticas grupais, com a finalidade de resgatar habilidades que o adoecer psíquico comprometeu, e de estimular potenciais não prejudicados assim como sua autonomia. Oferece a possibilidade de participar de psicoterapia, terapia ocupacional, atividade externa, convivência, desenho e pintura, literatura, cidadania, conscientização, psicodrama, cozinha experimental, reorientação ocupacional, vídeo, lazer, dança, massoterapia e atividade física. Esse leque de atividades, porém, torna difícil, para o pesquisador, avaliar a influência de cada uma isoladamente. Neste estudo, optamos por estudar o comportamento do paciente no Grupo de Atividade Física do CRHD citado, tendo foco a atividade terapêutica desenvolvida nesse grupo. Seus objetivos foram. 1)Validar um instrumento para observação da evolução do comportamento do paciente no Grupo de Atividade Física programada: 2) Observar a evolução do paciente nos aspectos dos domínios motor, cognitivo e afetivo-social no Grupo de Atividade Física do CRHD, segundo o instrumento elaborado; 3) Levantar hipóteses sobre a contribuição da atividade física programada no comportamento do portador de transtorno mental e na reabilitação psicossocial. Esta pesquisa foi desenvolvida em duas etapas: na primeira, utilizamos a pesquisa metodológica para a construção de um instrumento que nos permitisse, na segunda etapa, observar a evolução dos pacientes no Grupo de Atividade Física, por meio da pesquisa exploratória-descritiva. O local da pesquisa foi o CRHD citado. A população, constituída por dez pacientes admitidos no CRHD, que participaram do Grupo de Atividade Física. Eram adultos, de ambos os sexos, de diferentes faixas etárias, níveis sócio-econômico-cultural e condições físico-motoras. Foram respeitados os aspectos éticos preconizados pelo Conselho Nacional de Saúde e obteve-se a aprovação do Comitê de Ética da Escola de Enfermagem da USP e da Comissão de Ética da Diretoria Clínica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP e assinado Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. A maioria (9) dos participantes recebeu o diagnóstico de esquizofrenia e a totalidade (10) fazia tratamento com drogas psicotrópicas. O presente estudo não permite generalizações, portanto, as conclusões a seguir aplicam-se à população estudada: o instrumento construído para observação do comportamento do paciente no Grupo de Atividade Física foi validado, pré-testado e considerado adequado para a finalidade do estudo; as atividades físicas programadas estimularam o desenvolvimento dos participantes nos domínios motor, afetivo-social e cognitivo, tanto pela análise do pesquisador como na visão dos pacientes; e, foi possível identificar várias hipóteses sobre os resultados para futuros estudos.
Título em inglês
Contribution of physical activity in treatment of outpatients with severe long-term mental disorders at a Day Hospital.
Palavras-chave em inglês
Day Hospital
Mental health
Physical activity
Psychiatric nursing
Psychosocial rehabilitation
Resumo em inglês
Focusing on the psychosocial rehabilitation, the Rehabilitation Center and Day Hospital (RCDH) of the Psychiatry Institute at Hospital das Clínicas of the School of Medicine at University of Sao Paulo offers its patients a wide range of therapeutic activities, aimed at retrieving abilities compromised by psychiatric condition, as well as stimulating unharmed potential abilities and patients’ autonomy. Therapeutic activities include psychotherapy, occupational therapy, field trips, exchange experience group, citizenship, conscientization, sketching and painting, literature, psychodrama, cooking, vocational orientation, video, leisure, dance, massage therapy, and physical activity. This array of activities makes it difficult for a researcher to evaluate the influence of each activity. In the present research, we studied the behavior of patients of the Physical Activity Group at the RCDH, focusing on the therapeutic activity carried out by that group. The aims of the study were: 1) To validate a tool to observe the evolution of patient behavior at the Physical Activity Group; 2) Observe the evolution of patient concerning motor, cognitive and affective domains, according to the previously mentioned tool; 3) Establish hypotheses regarding the contribution of programmed physical activity to behavior and psychosocial rehabilitation of outpatients with mental health problems. The study was carried out in two phases: in the first phase, methodological research was used to develop a tool to be used in the second phase, which consisted of the observation of the evolution of patients in the Physical Activity Group, through exploratory-descriptive research. The setting was the RCDH mentioned above. The participants were ten patients at the Rehabilitation Center – participating in the Physical Activity Group – adults, both male and female, from different age groups and social backgrounds and presenting different physical-motor skills. Ethical aspects recommended by National Council of Health were observed and approval was obtained both from the Ethics Committees of School of Nursing – USP and Clinical Board of Hospital das Clínicas – School of Medicine – USP. Written informed consent was obtained from participants. Most participants (n=9) were diagnosed with schizophrenia and all participants (n= 10) were using psychotropic drugs. The present study does not allow for generalizations. Therefore, following conclusions apply solely to the population studied: the tool developed for observation of behavior of the patient in the Physical Activity Group was validated, pre-tested and considered adequate for the purpose of the study; the programmed physical activities stimulated development of participants in motor, affective-social and cognitive domains, both from the point-of-view of the researcher as well as of patients; and, finally, it was possible to establish various hypotheses about the results for future investigation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Osvaldo_Hakio.pdf (389.05 Kbytes)
Data de Publicação
2006-11-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.