• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Vanessa Takeshita
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2019
Orientador
Banca examinadora
Tornisielo, Valdemar Luiz (Presidente)
Barizon, Robson Rólland Monticelli
Fraceto, Leonardo Fernandes
Título em português
Comportamento do aminocyclopyrachlor em função da adição de materiais orgânicos no solo
Palavras-chave em português
Biodegradação
Carbono orgânico
Herbicida pré-emergente
Lixiviação
Sorção-dessorção
Resumo em português
A matéria orgânica é um dos componentes mais influentes no comportamento de herbicidas aplicados via solo, podendo alterar a dinâmica destes compostos no ambiente. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de solos alterados com palha de cana-de-açúcar, torta de filtro e vinhaça na sorção-dessorção, lixiviação, mineralização e degradação do aminoyclopyrachlor no solo. A sorção-dessorção foi verificada pelo método de equilíbrio em "batch", com os materiais orgânicos envelhecidos no solo (0, 15, 30 e 60 dias). A lixiviação foi realizada em colunas de vidro (200 mm em 48 horas) com as concentrações do herbicida aferidas no perfil do solo (0-0,30 m) e no lixiviado. A biodegradação foi conduzida por 112 dias, em frascos biométricos. A sorção do herbicida foi baixa para todos os tratamentos (Kd = 0,17-0,41 L kg-1), com dessorção de grande parte do herbicida aplicado. Menos de 2 % do herbicida esteve retido na palha e torta de filtro, com maior distribuição no perfil do solo. A vinhaça aumentou a lixiviação do herbicida (71 %) em relação aos demais materiais e o solo sem alteração (~50 %). A mineralização do aminocyclopyrachlor foi baixa (<45 % em 112 dias), havendo formação de ~30 % de resíduo ligado, sem a observação da formação de metabólitos ao longo do estudo. A meia-vida (DT50) no solo sem adição de material orgânico foi de 187 dias, com adição de materiais orgânicos chegou a 247-277 dias e 90 % de degradação foi estimada em 600-900 dias para todos os tratamentos. A presença de materiais orgânicos no solo promoveu maior disponibilidade do aminocyclopyrachlor em solução, principalmente para a lixiviação no perfil do solo, além de ter sua persistência aumentada no ambiente. A persistência do herbicida no ambiente favorece o controle mais prolongado de plantas daninhas, principalmente quando há maior disponibilidade no solo, porém no manejo deste herbicida em sistema de cana-de-açúcar, no qual há grande aporte de matéria orgânica no solo, podendo favorecer a contaminação de águas subterrâneas
Título em inglês
Behavior aminocyclopyrachlor in function of the addition of organic material in soil
Palavras-chave em inglês
Biodegradation
Leaching
Organic matter
Pre-emergent herbicide
Sorption-desorption
Resumo em inglês
The organic matter is one of the most influential components in the behavior of herbicides applied via soil, being able to alter the dynamics of these compounds in the environment. The objective of this study was to evaluate the effect of altered soils with sugarcane straw, filter cake and vinasse on sorption-desorption, leaching, mineralization and degradation of aminocyclopyrachlor in soil. Sorption-desorption was verified by the batch equilibrium method, with organic materials aged in the soil (0, 15, 30 and 60 days). The leaching was carried out in glass columns (200 mm in 48 hours) with the herbicide concentrations measured in the soil profile (0-0.30 m) and in the leachate. Biodegradation was conducted for 112 days in biometric vials. The sorption of the herbicide was low for all treatments (Kd = 0.17-0.41 L kg-1), with desorption of a large part of the herbicide applied. Less than 2 % of the herbicide was retained in straw and filter cake, with greater distribution in the soil profile. Vinasse increased herbicide leaching (71 %) in relation to other materials and soil without change (~ 50 %). Mineralization of aminocyclopyrachlor was low (<45 % in 112 days), with ~ 30 % formation of bound residue without observation of metabolite formation throughout the study. The half-life (DT50) in the soil without addition of organic material was 187 days, with addition of organic materials reached 247-277 days and 90 % degradation was estimated at 600-900 days for all treatments. The presence of organic materials in the soil promoted greater availability of aminocyclopyrachlor in solution, mainly for the leaching, besides having its persistence increased in the environment. The persistence of the herbicide in the environment favors the longer control of weeds, especially when there is greater availability in the soil, but in the management of this herbicide in a sugar cane system, in which there is a great contribution of organic matter in the soil, may favor the contamination of groundwater
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-10-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.