• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.61.2018.tde-06102020-124141
Documento
Autor
Nome completo
Andreia Fernandes Graziani
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2018
Orientador
Banca examinadora
Genaro, Katia Flores (Presidente)
Alves, Trixy Cristina Niemeyer Vilela
Fukushiro, Ana Paula
Hage, Simone Rocha de Vasconcellos
Título em português
Ampliação e validação do protocolo de avaliação miofuncional orofacial para indivíduos com fissura labiopalatina
Palavras-chave em português
Estudos de validação
Fenda labial
Fissura palatina
Fonoaudiologia
Sistema estomatognático
Resumo em português
Objetivo: O estudo visou ampliar e validar o conteúdo, o critério e o construto de um protocolo de avaliação miofuncional orofacial para adultos com fissura labiopalatina, bem como elaborar parâmetros de avaliação para a sua utilização. Método: Após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da instituição, os itens do protocolo foram ampliados segundo a literatura e com base no protocolo MBGR; a validação do conteúdo foi realizada por sete examinadores com experiência na avaliação de indivíduos com fissura labiopalatina, os quais analisaram a clareza do protocolo proposto; elaborou-se um manual com parâmetros de avaliação de cada item desse protocolo, a partir da consulta das bases de dados, a profissionais experientes e a pesquisadores no assunto, com o intuito de minimizar a subjetividade entre os examinadores. Para a continuidade do processo de validação utilizou-se fonte de dados secundária para a obtenção da documentação completa de 30 adultos jovens com fissura labiopalatina unilateral operada, de ambos os gêneros, e com idade entre 18 e 28 anos (média=23,6 anos), que não apresentavam síndrome ou outros comprometimentos associados. Na validação de critério, um fonoaudiólogo experiente na avaliação miofuncional orofacial dos indivíduos com fissura labiopalatina e três examinadores sem experiência nessa avaliação receberam treinamento, presencial e por escrito, para a aplicação do protocolo, conforme os parâmetros de avaliação estabelecidos, bem como orientação da aplicação do instrumento selecionado como critério (AMIOFE). O examinador experiente procedeu individualmente às análises, e os nãos experientes realizaram-nas em consenso. Na validação de construto foram comparados os resultados das avaliações pré e pós cirurgia ortognática obtidos com o protocolo proposto, como também comparou-se, na avaliação pré-cirúrgica, esses resultados àqueles encontrados em exames instrumentais. Para a análise dos dados aplicou-se o Índice de Validação do Conteúdo e os testes Kappa, Correlação de Spearman, Wilcoxon e McNemar. Resultados: O protocolo foi ampliado com a inclusão da avaliação da mobilidade, tonicidade e sensibilidade; na validação do conteúdo três itens foram excluídos por não estarem claros segundo os examinadores, enquanto os demais apresentaram 100% de concordância quanto a sua clareza; foi elaborado um manual contendo os parâmetros de avaliação de cada item e subitem para à utilização do protocolo; na validação de critério verificou-se concordância substancial entre os examinadores para o item oclusão (trespasse vertical) e quase perfeita para os demais, além de boa correlação na correspondência entre o protocolo proposto e o utilizado como critério (r >0,7); dos itens analisados na validação do construto, verificou-se mudança dos resultados após a cirurgia para: bochechas, língua, oclusão, respiração e análise da fala/voz, bem como boa concordância entre os resultados das avaliações clínica e instrumental. Conclusão: O protocolo de avaliação miofuncional orofacial para indivíduos com fissura labiopalatina foi ampliado e validado quanto ao conteúdo, critério e construto, o que indica a sua confiabilidade para a aplicação clínica, e um manual com parâmetros para a sua utilização foi elaborado
Título em inglês
Extension and validation of the protocol of orofacial myofunctional evaluation for individuals with cleft lip and palate
Palavras-chave em inglês
Cleft lip
Cleft palate
Language and hearing sciences
Speech
Stomatognathic system
Validation studies
Resumo em inglês
Objective: This study aimed to extend and validate the content, criterion, and construct of a protocol of orofacial myofunctional evaluation for adults with cleft lip and palate, as well as to elaborate parameters of evaluation for use Methods: After the approval of the Committee of Ethics in Research, the items of the protocol were extended based on the MBGR protocol; the validation of the content was performed by seven examiners with experience in the evaluation of individuals with cleft lip and palate; and a guideline with the evaluation parameters was create based on consultation to professionals and researchers with experience in this field, aiming to decrease the subjectivity among the examiners. The secondary data was used to obtain complete documentation of 30 young adults with operated unilateral cleft lip and palate, without associated syndromes or malformations, of both genders, aged between 18 and 28 years (mean=23.6 years). To validate the criterion, one speech-language pathologist with experience in the myofunctional evaluation of individuals with cleft lip and palate and three examiners without experience in this field were trained in person and by writing to applicate the protocol, according to the established evaluation parameters, as well as guidance on the application of the instrument selected as the criterion (AMIOFE). The experienced examiner individually analyzed, while the non-experienced examiner analyzed by consensus. To validate the construct, the results of the pre and post- orthognathic surgery obtained with proposed protocol were compared, the pre-surgical results obtained with the application of the proposed evaluation protocol were compared to those of other instruments. The statistical analyses used the Content Validity Index, Kappa, Spearman Correlation, Wilcoxon, and McNemar tests. Results: The protocol was extended with the inclusion of the mobility, tonicity, and sensitivity assessment. In the content validation, three items were excluded due to lack of clarity; the other items had 100% of agreement regarding clarity. A guideline on the evaluation parameters to use the protocol was created. In the validity of the criterion, substantial agreement among the examiners was found for the item occlusion (overbite) and almost perfect agreement for the other criteria; also, a good correlation in the correspondence among the protocols was found (r >0.7). For the construct validation, the comparison between the evaluations before and after the orthognathic surgery demonstrated modification of some of the analyzed aspects: cheeks, tongue, occlusion, breathing, and analysis of speech/voice, with good agreement between the results of the clinical and speech/voice analysis. Conclusion: The protocol of orofacial myofunctional evaluation for individuals with cleft lip and palate was extended regarding and validated the content, criterion, and construct, which indicated the reliability for clinical application. A guideline with the evaluation parameters was created
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Liberação
2022-10-06
Data de Publicação
2020-10-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.