• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.60.2007.tde-29072009-132054
Documento
Autor
Nome completo
Carla Domingues dos Santos Sponchiado
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2007
Orientador
Banca examinadora
Prado Junior, Jose Clovis do (Presidente)
Abrahão, Ana Amelia Carraro
Natsui, Ana Patricia Yatsuda
Rocha, Gutemberg de Melo
Rosa, Joao Aristeu da
Título em português
Avaliação do tratamento com dehidroepiandrosterona em ratos 'Wistar' machos e fêmeas durante a infecção chagásica experimental
Palavras-chave em português
Dehidroepiandrosterona
resposta immune
Trypanosoma cruzi
Resumo em português
A dehidroepiandrosterona (DHEA) tem sido considerada como o esteróide de múltiplas ações e vem interessando pesquisadores da área médica. Trabalhos demonstram a estimulação imunológica induzida pelo DHEA em animais de laboratório e humanos, como terapia alternativa e imunomoestimuladora nas infecções virais, bacterianas e parasitárias. O presente projeto avaliou os efeitos terapêuticos da administração de DHEA em ratos Wistar machos e fêmeas infectados com a cepa Y de Trypanosoma cruzi durante a fase aguda da infecção chagásica. Os parâmetros analizados foram o número de parasitas sangüíneos e teciduais, bem como produção de citocinas (TNF-, IFN-, IL-2, IL-12, IL-10, IL-4 e TGF-) e populações celulares (CD3+, CD4+ e CD8+), análise de glicose, colesterol e triglicérides, produção de anticorpos líticos, óxido nítrico, contagem global de leucócitos e macrófagos. Através dos resultados obtidos podemos concluir que o DHEA quando utilizado como tratamento na infecção chagásica experimental é parcilamente eficaz, pois reduz o número de parasitas sanguíneos e teciduais em ratos machos e fêmeas. Os diferentes parâmetros imunológicos analisados na vigência da terapia com DHEA revelou uma ação parcialmente efetiva sobre a resposta imunológica, o que favoreceu o controle da evolução da fase aguda da infecção experimental, deve ser levado em conta que a utilização deste hormônio não assume caráter curativo, apenas propicia melhores condições ao hospedeiro de direcionar sua resposta imunológica de forma a controlar a replicação parasitária, sem causar no hospedeiro os efeitos colaterais danosos ocasionados pelas drogas tripanossomicidas disponíveis atualmente no mercado.
Título em inglês
Evaluation of the treatment with dehydroepiandrosterone in males and females Wistar rats during experimental Chagasdisease.
Palavras-chave em inglês
Dehydroepiandrosterone
immune response
Trypanosoma cruzi
Resumo em inglês
Dehidroepiandrosterone (DHEA) has been considered for many researchers as the steroid of multiple functions. The immunologic stimulation triggered by DHEA has been demonstrated not only in animal models but also in humans. DHEA has been used as an alternative therapy to up-modulate immune response in host bearing viral, bacterial and parasitic infections. The present work evaluate the therapeutic effects of DHEA administration in male and female Wistar rats infected with the Y strain of T. cruzi during the acute phase of infection. The evaluated parameters were the blood and tecidual parasitic intensity, cytokines and cellular population, glucose analysis, cholesterol and triglycerides, percentage of lytic antibodies, nitric oxide, global counting of leukocytes and macrophages. DHEA, when used as a treatment of experimental T. cruzi infection is efficient; reducing the number of blood and tissue parasites of both genders. The therapy with DHEA demonstrated cellular and humoral immune stimulation for the control of the evolution of the acute phase. It has to be emphasized that DHEA therapy is not curative, but improves to the host immunological response to control the parasitic burden, without the harmful collateral effects caused by the available T. cruzi drugs in the market.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Tese.pdf (1.73 Mbytes)
Data de Publicação
2009-10-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.