• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.60.2007.tde-21052007-100039
Documento
Autor
Nombre completo
Danielle Igreja Chaves
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Ribeirão Preto, 2007
Director
Tribunal
Queiroz, Regina Helena Costa (Presidente)
Crippa, José Alexandre de Souza
Zuardi, Antonio Waldo
Título en portugués
Efeito da ocitocina sobre a ansiedade experimental induzida em voluntários saudáveis
Palabras clave en portugués
ansiedade
ocitocina
teste de simulação de falar em público
voluntários saudáveis
Resumen en portugués
Introdução: A ocitocina (OT) é um nonapeptídeo sintetizado nos núcleos paraventricular e supraóptico do hipotálamo. Quando liberada perifericamente pela neurohipófise, a OT atua como um hormônio e promove a liberação do leite durante a lactação e a contração uterina no parto. No entanto, quando liberada centralmente, a OT age como um neurotransmissor ou neuromodulador de diversos processos, tal como na modulação da ansiedade e na regulação das respostas neuroendócrina e cardiovascular. Sendo assim, o presente trabalho tem como objetivo avaliar os efeitos agudos da administração intranasal da OT na ansiedade em voluntários saudáveis submetidos ao Teste de Simulação de Falar em Público (TSFP), bem como seu papel na modulação das respostas neuroendócrina e hemodinâmica. Métodos: Ocitocina ou veículo foram administrados intranasalmente em voluntários saudáveis (n=14) 50 minutos antes do TSFP. Durante a sessão experimental foram realizadas as seguintes medidas: (1) basal (t = -30 min)), (2) pré-teste (t = -15 min), (3) preparação (t = +50 min), (4) desempenho (t = +1:03 h) , pós-teste 1 (t = 1:26 h) e pós-teste 2 (t = 1:46 h). Para a avaliação dos estados subjetivos de ansiedade foram utilizadas as seguintes escalas de auto-avaliação: 1.Escala Analógica de Humor; 2.Escala de Sintomas Corporais; 3. Versão de ?estado? da escala de auto-avaliação ao falar em público. Para a dosagem de cortisol sérico e ACTH plasmático foi utilizada a técnica de radioimunoensaio. Também foram realizadas as medidas de freqüência cardíaca, pressão arterial, condutância da pele e número de flutuações espontâneas da condutância da pele. Resultados: O grupo OT apresentou-se menos ansioso nas fases PT (p-valor = 0,03), com maior sedação nas fases PT (p-valor = 0,003), Pr (p-valor = 0,01) e S (p-valor = 0,02) e com nível de condutância da pele menor nas fases PT (p-valor = 0,02), Pr (p-valor = 0,02), S (p-valor = 0,03) e F2 (p-valor = 0,02). Nos outros parâmetros mensurados não foram encontradas diferenças intergrupos. Conclusão: O presente estudo sugere que a OT na dose de 24 UI possui ação na ansiedade antecipatória em voluntários saudáveis. Espera-se que este estudo contribua com o desenvolvimento de intervenções terapêuticas em transtornos de ansiedade e com o desenvolvimento de possíveis fármacos agonistas.
Título en inglés
Effect of oxytocin on experimentally induced anxiety in healthy volunteers
Palabras clave en inglés
anxiety
healthy volunteers
oxytocin
simulated public speaking
Resumen en inglés
Introduction: Oxytocin is a nonapeptide that is synthesized in the hypothalamus paraventricular and supraoptic nuclei. When released peripherally by the neurohypophysis, it acts as a hormone that will promote milk ejection during lactation and uterine smooth muscle contraction during labor. However, when centrally released, OT acts as a neurotransmitter or neuromodulator of several processes, such as anxiety modulation and regulation of cardiovascular and neuroendocrine responses. The objective of this study was to assess the acute effect of OT, intranasally administered, on anxiety levels of healthy volunteers who submitted themselves to the Public Speaking Simulation Test as well as its role in the modulation of neuroendocrine and hemodynanic responses. Methods: Oxytocin, or vehicle, was intranasally administered to healthy volunteers (n= 14) fifty minutes before the Test. During the experimental session, the following assessments were performed: 1) Baseline (t = - 30 minutes); 2) Pre test (t = -15 minutes) ;3) Preparation ( t = + 50 minutes) ; 4) Performance ( t = + 1:03 hours) , and post test 1 ( t = 1:26 hours) and post test 2 ( t = 1:46 hours ). In order to evaluate anxiety subjective states, the following self-assessment scales were used: 1) Mood Analogical Scale, 2) Bodily Symptoms Scale, and 3) ?State? Self-Assessment Version of Public Speaking Scale. A radio immune assay was used for cortisol serum level and plasmatic ACTH measurements. Additionally, heart rate, blood pressure, skin conductance, and number of spontaneous fluctuations of skin conductance were checked. Results: The OT group was less anxious during the PT (p value =0, 03), with a higher sedation during the PT (p value = 0,003), Pr (p value = 0, 01), and S phases (p value = 0, 02) and a lower level of skin conductance during the PT (p value = 0,02), Pr ( p value = 0,02), S (p value = 0,03), and F2 phases ( p value = 0,02). As for the other parameters evaluated, no differences were found between the groups. Conclusions: The present study suggests that an OT dose of 24 UI acts on the anticipation anxiety of healthy volunteers. This study is expected to contribute to the development of therapeutical interventions in anxiety disorders as well as possible agonist drugs.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2007-05-21
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.