• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Larissa Ferreira Mendes dos Santos
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Feuerwerker, Laura Camargo Macruz (Presidente)
Henz, Alexandre de Oliveira
Merhy, Emerson Elias
Perelmutter, Daisy
Título em português
Derivas cartográficas: (sobre)vivências cotidianas e outros modos de (re)existência na contemporaneidade
Palavras-chave em português
Cartografia
Modos de Existência
Ordinário Cotidiano
Resistência
Vida
Resumo em português
O exercício de olhar para as formas de vida e para as formatações que precarizam e capturam suas variações, contornos, movimentos, invenção, bem como a necessidade de trazer para o campo do cuidado em saúde um modo de trabalhar que considere as multiplicidades, olhando para as singularidades que portam os sujeitos e todas as possibilidades que compõem as existências, incitaram a produção desta pesquisa. Não pretendi traçar um inventário de variados modos de existência, mas encontrar e acompanhar o traçado das rotas de vidas cotidianamente inventadas. Micromovimentos que se passassem no entre, numa espécie de terceira margem, que não se ancorassem nas formas de resistência mais constituídas. Através de derivas por um bairro periférico localizado na região leste da cidade de São Paulo/SP, prestei atenção aos variados modos de produzir existência, ao arranjo vital dos pequenos fazeres cotidianos. Ensejei olhar o que não é visto e estabelecer uma zona de vizinhança com o que difere dos modos dominantes de habitar a vida. Uma cartografia das existências passando e pulsando no seu movimento mínimo, no emaranhado das linhas de um ordinário cotidiano que se encarrega da tramagem da vida. Com efeito, a presente pesquisa qualitativa com análise micropolítica do cotidiano por meio do método cartográfico, se propôs menos a coletar dados para formulação de análises que endossam estatísticas, confirmam hipóteses e formulam conclusões precisas, do que produzir encontros e narrativas a partir das histórias de vida, de luta e de resistência dos que habitam o território escolhido. Interessou-me saber do outro por ele mesmo.
Título em inglês
Cartographic Derivations: daily (sur)vival and other ways of (re)existence on contemporaneity
Palavras-chave em inglês
Cartography
Life
Ordinary Daily
Resistance
Ways of Existence
Resumo em inglês
The exercise in looking to forms of life at its innumerous derivatives and deeper to the social arrangements that capture its variations, trajectories, movements, innovations, as so to bring into the field of health care approaches comprising the whole range of being multiplicities, noticing all subject's singularities thus evidencing all possibilities within the concept of existing, were the focus of the present research. I did not intend to solely gather data regarding ways of existence, but to find and trace the paths drawn continuously through daily challenges of existence. Micromovements taking effect in betweens, almost as a third border, that are not funded into most constituted strategies of social resistances. Throughout cartographic derivations in a peripheral neighborhood on the east of São Paulo/SP, I was concentrated to the many life producing possibilities, to the vital (re)actions on the simple daily tasks. I wished to apperceive the unnoticed aspects and set up a neighboring zone using the others rather than the dominant way of life appropriation. Cartography of existences pulsating at its lowest movements, stretching at its limited extent, comprehending one from the many routes that designs life narratives. In effect, this quantitative research with a micropolitical analysis of the daily life through the cartographic method, did not propose a collecting data to formulate intended analyses that confirm statistical, hypotheses, and conclusions, but producing meetings and narratives based on life stories, on singular struggles, and resistance of the people inhabiting that territory. I was interested to meeting the other by him.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-09-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.