• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-23092020-125221
Documento
Autor
Nome completo
Denise Eugenia Pereira Coelho
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Ianni, Aurea Maria Zöllner (Presidente)
Ayres, Jose Ricardo de Carvalho Mesquita
Mariconda, Pablo Ruben
Santos, Ligia Amparo da Silva
Título em português
A construção social da mensuração do corpo no campo da Saúde Pública: um resgate histórico-epistemológico
Palavras-chave em português
Corpo Humano
Epidemiologia Nutricional
Epistemologia Histórica
Mudanças Sociais
Saúde Pública
Resumo em português
Resumo: Nas últimas quatro décadas, o Brasil passou por mudanças importantes no perfil de morbimortalidade da população, marcando um cenário de transição epidemiológica e nutricional. Se este cenário é parte de mudanças na sociedade contemporânea, compreende-se que o corpo pode ser um objeto privilegiado de análise desses fenômenos, na medida em que, não apenas o corpo é parte das mudanças sociais, mas porque os modos de compreender e analisar o corpo sob a perspectiva científica também sofrem transformações. Esta pesquisa teve como objetivo geral compreender a ideia do corpo presente no conhecimento produzido no campo da Saúde Pública, a partir das suas mensurações relativas ao peso (e à altura). Como abordagem teórico-metodologia da pesquisa, elaborou-se uma articulação entre uma análise sócio-histórica e a uma análise histórico-epistemológica. Compuseram os materiais de pesquisa: um corpus de trabalhos selecionados de Adolphe Quetelet; um corpus de artigos do American Journal of Hygiene e do American Journal of Public Health and Nation's Health. A partir da abordagem teórico-epistemológica com que se abordou o objeto de pesquisa, primeiramente, foi possível analisar a construção de um discurso sobre o corpo na obra de Quetelet, de modo a compreender as bases teóricas que alicerçaram o Índice Quetelet. Por outro lado, a partir dos periódicos, foi possível analisar as bases discursivas que permitiram que essa medida pudesse ser posteriormente incorporada no campo da Saúde Pública. Compreende-se que essa análise lança um olhar sobre a construção social do corpo no âmbito da epidemiologia nutricional e suas implicações para a Saúde Pública.
Título em inglês
The social construction of the body in the Public Health field: a historical epistemology reconstruction of the body measurement
Palavras-chave em inglês
Historical Epistemology
Human Body
Nutritional Epidemiology
Public Health
Social Changes
Resumo em inglês
Abstract: In the last four decades, Brazil has undergone important changes in the population's morbidity and mortality profile, a characteristic scenario of the epidemiologic and nutritional transition. This scenario is part of social changes in the contemporary society, and the body can be a privileged object to analyze these phenomena, because not only the body is part of these social changes, but because the methods of understanding and analyzing the body in science undergoes transformations as well. This research aimed to understand an idea of the body presented in the knowledge produced in the Public Health field, based on its measurements applied to weight (and height). As a theoretical-methodology approach to research, an articulation between a social-historical analysis and a Historical Epistemology analysis was proposed. The research materials selected were a set of works by Adolphe Quetelet; a corpus of articles from the American Journal of Hygiene and the American Journal of Public Health and Nation's Health. The theoretical-epistemological approach to the research object allowed analyzing the construction of a discourse on Quetelet's work, in order to understand the theoretical bases that supported the Quetelet Index. On the other hand, considering the journals content, it was also possible to analyze the discursive bases that allowed this measure to be later incorporated by the Public Health field. This analysis looks at the social construction of the body in the context of nutritional epidemiology and its implications for Public Health.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CoelhoDEP_DR_R.pdf (2.56 Mbytes)
Data de Publicação
2020-09-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.